10 de Maio de 2009 / às 20:11 / em 9 anos

Villarreal adia comemoração do Barcelona com empate emocionante

Por Mark Elkington

MADRI (Reuters) - O Barcelona terá que esperar um pouco mais para festejar o título do Campeonato Espanhol, depois que o Villarreal lutou bastante para assegurar um empate em 3 x 3, com um gol no último minuto marcado por Joseba Llorente no estádio Camp Nou, neste domingo.

O Barcelona, finalista da Liga dos Campeões e da Copa do Rei, vencia facilmente por 3 x 1 depois dos gols de Seydou Keita, Samuel Eto‘o e Daniel Alves no primeiro tempo.

Mas o cartão vermelho recebido pelo zagueiro Eric Abidal, aos 33 minutos do segundo tempo, abriu as portas para o Villarreal, e Matias Fernandez marcou de pênalti antes que Llorente marcar o gol do empate, seu segundo na partida.

O líder do campeonato tem agora 86 pontos, oito a frente do rival Real Madrid, que perdeu para o Valencia por 3 x 0 no sábado, faltando três jogos para o fim.

O Sevilla está em terceiro lugar com 63 pontos e o Valencia em quarto, com 59, depois que ambas as equipes venceram no sábado. O Villarreal está em quinto, com 56.

O Camp Nou estava lotado de torcedores, que cantaram o nome de Andres Iniesta durante a partida em homenagem ao meio-campista cujo gol contra o Chelsea, na quarta-feira, levou o Barcelona para a final da Liga dos Campeões.

O técnico Pep Guardiola não poupou jogador algum, apesar de ter uma final na Copa do Rei contra o Athletic de Bilbao, na quarta-feira. Os únicos jogadores que não entraram em campo foram os contundidos Thierry Henry e Rafael Marquez.

O Villarreal sofreu o primeiro gol aos 12 minutos, quando Keita foi lançado e seu chute foi desviado pela perna de um zagueiro adversário, entrando no gol.

Mas os visitantes, que estão de olho numa das vagas para a Liga dos Campeões do ano que vem, penetraram bem pela defesa do time da casa após uma interceptação no meio-campo, com Llorente concluindo a jogada aos 22 minutos do primeiro tempo.

Uma grande defesa de Victor Valdes manteve o jogo empatado e a persistência de Iniesta após uma falta cobrada rapidamente deixou Eto‘o livre para marcar seu 28o gol na temporada e deixar o Barcelona na frente, aos 36 minutos.

Alves cobrou com perfeição uma falta na entrada da área e aumentou a vantagem pouco antes do intervalo.

A torcida já fazia uma bonita “ola” na arquibancada estádio até Abidal tomar o cartão vermelho por falta cometida sobre Nihat Kahveci dentro da área. O francês, também expulso no jogo contra o Chelsea, agora também perderá a final da Copa do Rei além da final da Liga dos Campeões contra o Manchester United.

Fernandez cobrou bem o pênalti e o chute perfeito de Llorente esfriou a festa que a torcida fazia.

Ainda neste domingo, dois gols de Esteban Granero ajudaram ao Getafe sair da zona de rebaixamento, após vitória por 3 x 0 sobre o Osasuna, que jogou boa parte da partida com 10 homens em campo.

Não houve mudanças nas três últimas colocações na tabela, depois que o Sporting Gijon e Recreativo Huelva perderam seus jogos e o lanterna Numancia empatou.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below