16 de Maio de 2009 / às 17:37 / em 9 anos

Agassi diz que Nadal é capaz de ganhar todos slams em um ano

Por Pritha Sarkar

<p>Espanhol Rafael Nadal jogando contra o s&eacute;rvio Djokovic nas semifinais de Madri. 16/05/2009. REUTERS/Francisco Seco</p>

LONDRES (Reuters) - André Agssi deu a dica: Rafael Nadal deve mirar além de suas conquistas e pensar em conquistar todos os grand slams de uma temporada.

Nadal, que começa a defesa de seu título no Aberto da França ainda neste mês, está invicto em Roland Garros desde 2005 e, depois de acrescentar as coroas de Wimbledon 2008 e Aberto da Austrália 2009 às suas conquistas, o número um do mundo provou sua versatilidade ao vencer em todas as superfícies.

Agassi, que esteve em Wimbledon neste sábado, acredita que o espanhol pode tornar-se o primeiro tenista, desde Rod Laver em 1969, a conseguir um feito raríssimo.

“Quando ele foi campeão pela primeira vez em Paris, e chegou aqui, dizendo que era maravilhoso vencer o Aberto da França, mas que seu sonho era ganhar Wimbledon, as pessoas riram dele e eu fui uma dessas”, disse o norte-americano aos repórteres um dia antes de jogar em um evento de exibição para inaugurar o novo teto da Quadra Central de Wimbledon.

“Eu jamais imaginei por um segundo que seu jogo pudesse ser adaptado (para a grama), mas ele sabe como acertar seus golpes e executou esta mudança, e não me surpreenderia caso ele conseguisse concluir o impensável.”

“A parte mais difícil da temporada seria a transição do saibro para a grama em um curto espaço de tempo (duas semanas).”

“Se você foi bem em Paris, é um desafio bastante significativo chegar aqui se sentindo pronto nos aspectos físicos, emocionais e mentais.”

“Então, ver o que Nadal conseguiu no ano passado é algo que nos faz ter noção de o quanto isso é especial, assistindo àquela final épica (vitória sobre Roger Federer em cinco sets), que provavelmente transcende qualquer outra partida já disputada.”

OS QUATRO GRANDES DE UMA VEZ

Atualmente aposentado das quadras, Agassi é um dos apenas cinco tenistas que venceram os quatro grand slams em suas carreiras, mas com vitórias em anos distintos.

“Eu achei que jamais veria algo assim (a conquista de todos os grand slams em uma temporada, porque me parecia o tipo de coisa impossível de acontecer... esta é a primeira vez em muito tempo que vemos uma oportunidade de surgir alguém capaz de conseguir isso.”

Por anos, Federer parecia ser o tenista que todos imaginavam que seguiria os passos de Laver. Mas apesar de ter conquistado 13 títulos de grand slam, um a menos que o recorde de Pete Sampras, o suíço ainda não venceu em Roland Garros.

Nadal acabou com os sonhos parisienses de Federer nos últimos três anos e os sinais mostram que é pouco provável que alguém consiga ser páreo para os espanhol de 22 anos nas quadras de saibro de Roland Garros.

“Com Federer, sempre que chegávamos ao Aberto da França, suas chances (de conquistar todos os grand slams de uma temporada) acabavam por aqui, por conta do que Nadal vem fazendo nos últimos anos. Se não fosse pelo maluco de Mallorca, Federer já teria vencido todos os grand slams algumas vezes,” disse Agassi.

“Se Nadal confirmar o título de Paris como ele vem fazendo nos últimos tempos e chegar aqui em Wimbledon com confiança suficiente para conseguir duas boas semanas, eu acho que poderemos ter ele em Nova York com reais oportunidades de conquistar o inimaginável.”

O Aberto da França começa em 24 de maio.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below