18 de Junho de 2009 / às 16:19 / 8 anos atrás

Brasil encaminha classificação com vitória sobre EUA por 3 x 0

PRETÓRIA (Reuters) - A seleção brasileira conseguiu uma vitória confortável sobre os Estados Unidos, por 3 x 0, nesta quinta-feira, que deixou a equipe muito perto da classificação para as semifinais da Copa das Confederações disputada na África do Sul.

<p>Robinho controla a bola diante da marca&ccedil;&atilde;o Bornnstein durante partida da Copa das Confedera&ccedil;&otilde;es em Pret&oacute;ria. 18/06/2009 REUTERS/Paulo Whitaker</p>

Mesmo com uma equipe modificada devido ao cansaço de alguns titulares, o Brasil foi superior desde o início e venceu com gols de Felipe Melo, Robinho e Maicon, sem passar o sufoco da apertada vitória por 4 x 3 sobre o Egito na estreia.

Com 100 por cento de aproveitamento e o melhor ataque da competição, o Brasil vai enfrentar a Itália, domingo, possivelmente no jogo que decidirá o primeiro e o segundo colocados do Grupo B. A seleção italiana enfrenta o Egito ainda nesta quinta-feira, e uma vitória dos atuais campeões do mundo garante a classificação antecipada de Brasil e Itália.

“O Brasil tem que ganhar todos os jogos, independentemente de estar classificado ou não, vamos entrar para ganhar”, disse Robinho após a partida sobre o aguardado confronto de domingo com os italianos.

Assim como no jogo de estreia, o Brasil abriu o marcador logo no começo da partida, numa cabeçada precisa de Felipe Melo após cobrança de falta para a área de Maicon, aos 6 minutos.

O segundo gol saiu numa rápida jogada de contra-ataque iniciada por Ramires, uma das quatro novidades do técnico Dunga para a partida com relação ao jogo anterior, ao lado André Santos, Maicon e Miranda -- saíram Elano, Juan, Daniel Alves e Kléber.

O meia do Cruzeiro arrancou com a bola desde o meio-campo e tocou para Robinho, livre dentro da área, aumentar para 2 x 0, aos 19. O lateral-direito Maicon marcou o terceiro gol brasileiro aos 16 minutos do segundo tempo, numa boa triangulação com Kaká e Ramires.

Os Estados Unidos ainda tiveram Sacha Kljestan expulso, aos 10 minutos da etapa final, ao receber o cartão vermelho por uma entrada violenta em Ramires, que destacou-se como um dos principais jogadores da seleção brasileira na partida.

“A gente vem se preparando para que na hora que o Dunga precisar a gente possa ajudar a equipe. Ainda tem muito que trabalhar, mas espero que a gente possa continuar no mesmo ritmo na sequência das partidas”, disse Ramires.

Os dois classificados do Grupo B enfrentarão na semifinal ou a Espanha, que já está garantida na próxima fase, ou quem passar de Iraque e a anfitriã África do Sul.

Texto de Pedro Fonseca

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below