8 de Outubro de 2009 / às 17:11 / em 8 anos

Mascherano: não há dinheiro que pague o sonho de ir à Copa

BUENOS AIRES (Reuters) - O capitão da seleção argentina, Javier Mascherano, disse que não há dinheiro que pague o sonho de ir a Copa do Mundo da África do Sul, ao ser consultado sobre versões de um possível incentivo em dinheiro para que o Peru vença a Argentina no sábado pelas eliminatórias da América do Sul.

<p>Para o capit&atilde;o da sele&ccedil;&atilde;o argentina, Javier Mascherano, atuar na Olimp&iacute;ada n&atilde;o tem pre&ccedil;o REUTERS/Denis Sinyakov (RUSSIA SPORT SOCCER)</p>

Nos últimos dias, notícias publicadas indicam que a seleção peruana, já fora do mundial, poderia receber um possível dinheiro extra por empatar ou ganhar da Argentina no sábado no estádio Monumental do River Plate.

“Em nosso caso, o melhor incentivo é o de poder ir ao mundial e é isso o que temos”, disse Mascherano em entrevista coletiva. “Não há dinheiro que pague esse sonho”, acrescentou o centro-campista do Liverpool da Inglaterra.

Mascherano estará na partida apesar de ter trabalhado de forma diferente por conta de uma fadiga muscular.

O ambiente no campo da seleção argentina ficou agitado depois que o técnico, Diego Maradona, condicionou sua continuidade a frente da alvi-celeste caso suas exigências não sejam aceitas.

A Argentina passa por um momento difícil nas eliminatórias sul-americnas e deve ganhar os próximos dois jogos para sair do quinto lugar e garantir vaga na Copa do Mundo de 2010.

Reportagem de Luis Ampuero

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below