17 de Novembro de 2009 / às 16:35 / em 8 anos

Brasil encerra temporada vitoriosa com 2 x 0 contra Omã

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Brasil encerrou o bem-sucedido ano de 2009 com uma vitória sem brilho por 2 x 0 sobre a seleção de Omã, em Mascate, nesta terça-feira, seu 14o triunfo em 17 partidas no ano que antecede a Copa do Mundo da África do Sul.

<p>O jogador da sele&ccedil;&atilde;o brasileira Elano &eacute; desafiado por Qasim Said (E) do Om&atilde; durante o amistoso em Mascate. O Brasil ganhou por 2x0. 17 de novembro de 2009. REUTERS/Herbert Fernandes</p>

O atacante do Villarreal Nilmar abriu o marcador logo aos quatro minutos e o meio-campista de Omã Mohammed Al Ghassani marcou contra, de cabeça, 16 minutos após o intervalo, num confronto entre os líderes do ranking da Fifa e um adversário que ocupa apenas a 79a posição na lista.

Jogando com o mesmo time que derrotou a Inglaterra por 1 x 0 em Doha, no sábado, o Brasil dominou a posse de bola pela maior parte do jogo, mas parou em algumas boas defesas do goleiro de Omã, Ali Al-Habsi, reserva do time inglês Bolton Wanderers.

O time da casa, entretanto, não se manteve apenas na defesa e também buscou o ataque, criando sua melhor chance logo aos 2 minutos, quando um chute de Hassan Al-Hosni tocou na rede pelo lado de fora.

Dois minutos depois saiu o primeiro gol do Brasil. Após chute de Luis Fabiano e defesa do goleiro, Nilmar pegou o rebote e completou para o gol, marcando pelo segundo jogo seguido, depois de ter feito o único gol na vitória do Brasil sobre os ingleses.

“Sempre é bom fazer gols, jogar, ter a oportunidade. Estou procurando aproveitar o máximo possível”, disse o jogador, de 25 anos, que foi titular da seleção nas duas partidas no lugar do lesionado Robinho, do Manchester City.

TESTES

No segundo tempo, o técnico Dunga aproveitou para fazer experiências e já voltou do intervalo com três modificações -- Fabio Simplício, Júlio Baptista e Hulk no lugares de Felipe Melo, Kaká e Luis Fabiano, respectivamente. Ainda entraram em campo Carlos Eduardo, Daniel Alves e Cris.

Omã novamente criou uma boa chance logo no reinício da partida, numa cabeçada de Yaqoog Abdul Karim que passou por cima do gol brasileiro. Daí em diante foi o Brasil que novamente controlou a partida, mas sem conseguir criar chances claras de marcar.

O segundo gol da seleção saiu num erro da defesa do time da casa. Após cruzamento do lateral-esquerdo Michel Bastos buscando Hulk dentro da área, Al Ghassani se antecipou ao goleiro e cabeceou contra a própria meta.

Com a vitória em Mascate, o Brasil encerra o ano de 2009 com o retrospecto de 14 vitórias, dois empates e apenas uma derrota (para a Bolívia), incluindo vitórias sobre os campeões do mundo Itália (duas vezes), Uruguai, Argentina e Inglaterra.

A seleção do técnico Dunga sagrou-se campeã da Copa das Confederações da África do Sul, em junho, e classificou-se para o Mundial do ano que vem no país africano como primeira colocada da América do Sul.

O Brasil voltará à ativa apenas no dia 3 de março de 2010, no último amistoso antes da convocação final dos jogadores para o Mundial, programada para maio.

Por Pedro Fonseca

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below