21 de Novembro de 2009 / às 18:34 / em 8 anos

Werder Bremen atropela o Freiburg por 6 a 0

BERLIM (Reuters) - O Werder Bremen não tomou conhecimento do Freiburg e o goleou por 6 x 0, marcando cinco gols em 27 minutos e assumindo o primeiro lugar da tabela do Campeonato Alemão.

O atacante português Hugo Almeida fez dois gols, com Marko Marin e Mesut Ozil fazendo 4 x 0. Naldo converteu um pênalti aos 28 minutos do segundo tempo e Markus Rosenberg completou a goleada a oito minutos do final da partida.

O Bremen, com 26 pontos, está em primeiro lugar à frente do Bayer Leverkusen no saldo de gols. O Bayer enfrenta o Bayern de Munique no domingo.

“Nós fizemos uma partida exemplar”, disse o técnico do Bremen, Thomas Schaaf, aos repórteres. “Tenho de parabenizar meu time porque depois do intervalo meus jogadores rapidamente se concentraram novamente na partida. Eles foram melhorando ao longo do jogo.”

O Bremen, que jogou sem o capitão Torsten Frings, contundido, o atacante Claudio Pizarro e Tim Borowski, abriu o placar contra o Freiburg com Almeida, que completou de cabeça um cruzamento de Ozil aos 33 minutos do primeiro tempo.

As espetaculares defesas do goleiro do Freiburg, Simon Pouplin, permitiram que o time fosse para o intervalo atrás apenas um gol, mas o Bremen derrubou as barreiras no segundo tempo, ampliando sua vantagem com a cobrança de falta de Marin aos dez minutos da etapa final.

Almeida fez 3 x 0 dois minutos depois e Ozil bateu Pouplin antes de Naldo fazer seu gol da marca de pênalti aos 28 minutos e Rosenberg fechou o placar.

O Schalke 04 subiu para o terceiro lugar com 25 pontos depois da difícil vitória por 2 x 0 sobre o Hanover 96, que disputou seu primeiro jogo desde a morte de seu goleiro Robert Enke.

Jefferson Farfan marcou de cabeça o primeiro e Jan Moravek, que entrou no lugar do atacante peruano, fez o segundo já nos acréscimos.

MINUTO DE SILÊNCIO

O Hoffenheim está dois pontos atrás na quarta colocação depois de derrotar o Colônia por 4 x 0, enquanto o Stuttgart empatou em 1 x 1 com o lanterna Hertha Berlin, colocando mais pressão em cima do treinador Markus Babbel, já que seu time está em 16 lugar.

Todos os jogos começaram com um minuto de silêncio em homenagem a Enke, que cometeu suicídio na semana passada.

Por Karolos Grohmann

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below