23 de Novembro de 2009 / às 18:04 / em 8 anos

CORREÇÃO-Fifa convoca reunião extraordinária por lance de Henry

(Corrige data de jogo entre Argélia e Egito para 14 de novembro no 8o parágrafo)

<p>Fifa convoca reuni&atilde;o extraordin&aacute;ria por lance de Thierry Henry em repescagem e apostas. REUTERS/Albert Gea</p>

Por Brian Homewood

LONDRES (Reuters) - A Fifa vai realizar uma reunião extraordinária antes do sorteio dos grupos da Copa do Mundo no mês que vem para discutir a mão na bola de Thierry Henry nas eliminatórias da Copa do Mundo e a descoberta pela polícia alemã de um esquema de manipulação de resultados e apostas ilegais.

O problema envolvendo a partida entre Argélia e Egito pelas eliminatórias da África também estará na agenda do comitê executivo da Fifa a ser realizada na Cidade do Cabo no dia 2 de dezembro, dois dias antes do sorteio do Mundial.

“Devido aos recentes acontecimentos no mundo do futebol, isto é, os incidentes de arbitragem nas eliminatórias para a Copa do Mundo da África do Sul e irregularidades no mercado de apostas no futebol, o presidente da Fifa (Joseph Blatter) convocou uma reunião extraordinária do comitê executivo”, disse a Fifa em comunicado.

O comitê executivo já tinha uma reunião prevista para o dia 3 de dezembro em Robben Island para discutir o sorteio a ser realizado no dia seguinte.

A Fifa até o momento se recusou a tomar qualquer medida contra a mão na bola de Henry que ajudou a França a derrotar a Irlanda na repescagem. A França conseguiu a vitória graças a um gol de William Gallas após jogada na qual o capitão Henry ajeitou a bola claramente com a mão.

A Federação de Futebol da Irlanda (FAI, na sigla em inglês) pediu formalmente a repetição da partida, mas a Fifa disse na sexta-feira que respondeu afirmando que não era possível acatar a solicitação.

A entidade irlandesa divulgou um novo comunicado nesta segunda-feira afirmando: “Se nós formos solicitados a fazer qualquer contribuição, a FAI ficaria feliz em fazê-lo para a melhoria do esporte.”

O jogo entre Argélia e Egito pelas eliminatórias africanas no dia 14 de novembro, no Cairo, e o subsequente jogo de desempate em Cartum quatro dias depois também foram marcados por controvérsia.

O Egito chamou de volta seu embaixador em Argel depois que a Argélia venceu o desempate por 1 x 0 e se classificou para o Mundial. As duas partidas foram marcadas por violência entre torcedores antes dos jogos.

Na sexta-feira, a polícia alemã disse que havia descoberto uma quadrilha de armação de resultados que teria manipulado o resultado de cerca de 200 jogos em nove ligas da Europa, num esquema envolvendo apostas ilegais.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below