6 de Maio de 2010 / às 15:55 / em 8 anos

Maradona se aborrece com Grondona por cancelamento de amistoso

BUENOS AIRES (Reuters) - O técnico da seleção argentina, Diego Maradona, mostrou seu aborrecimento com o cancelamento do amistoso que a equipe disputaria no dia 29 de maio em Dubai que, segundo disse, prejudicará seus planos para o Mundial na África do Sul.

Maradona, que tentará realizar o sonho de ser campeão com a Argentina como técnico depois de fazê-lo como jogador em 1986, dirigiu sua irritação pela suspensão da partida nos Emirados Árabes Unidos ao presidente da Associação de Futebol Argentino (AFA), Julio Grondona.

A Argentina, que também foi campeã em 1978, se despedirá de seu público no dia 24 de maio no estádio do River Plate, contra o Canadá, com os jogadores que, segundo Maradona, serão os que disputarão o primeiro jogo na África do Sul.

De acordo com os planos do técnico, a Argentina deveria viajar no dia 26 aos Emirados Árabes e no dia 29 disputar um amistoso contra um time local, para um dia mais tarde pegar o voo a Pretoria, onde a seleção se concentrará para o Mundial.

“Tenho a má notícia de que não será feito, mas sobre isso deve ter uma explicação”, disse Maradona depois do amistoso em que a seleção formada apenas por jogadores que atuam na Argentina venceu por 4 x 0 o Haiti na província de Neuquén.

“Quando Grondona me pediu para levar 40 convidados eu lhe disse que com a seleção não viaja ninguém, mas que íamos abrir essa exceção, e depois ele me informou que a partida em Dubai não será realizada”, destacou.

Maradona, que não explicou quem eram os 40 convidados solicitados por Grondona, destacou que era importante para a seleção e para a AFA jogar esta partida em Dubai.

“Estou querendo falar com Julio (Grondona) porque nós precisamos jogar a partida do dia 29 e ir a Pretoria depois desse jogo... Eu concordei, agora espero que ele concorde”, enfatizou.

Maradona vai entregar na segunda-feira à Fifa uma lista de 30 jogadores dos quais 23 serão escolhidos para representar a Argentina na África do Sul.

“Vou ter um dos fins de semana mais ‘hot’, mais quentes, vai ser difícil porque vou ter que olhar, ligar para pessoas que conheço na Europa, decidir por jogadores e começar a criar a lista de 30”, disse Maradona.

No Mundial, entre os dia 11 de junho e 11 de julho na África do Sul, a Argentina estará no Grupo B junto com Nigéria, Coreia do Sul e Grécia.

Reportagem de Luis Ampuero

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below