11 de Junho de 2010 / às 16:16 / 7 anos atrás

África do Sul e México empatam na abertura da Copa do Mundo

Por Javier Leira

<p>Siphiwe Tshabalala da &Aacute;frica do Sul(dir) chuta a bola enquanto o mexicano Ricardo Osorio tenta defender no jogo de abertura da Copa do Mundo no est&aacute;dio de Soccer City. O Mundial come&ccedil;ou nesta sexta-feira com um empolgante empate em 1 x 1 entre &Aacute;frica do Sul e M&eacute;xico. 11/06/2010 REUTERS/Eddie Keogh</p>

JOHANESBURGO (Reuters) - O mexicano Rafael Márquez salvou sua seleção de uma dura derrota nesta sexta-feira e impediu que a África do Sul fizesse a estreia sonhada no Mundial ao conseguir o gol do empate em 1 x 1 na partida inaugural da Copa do Mundo.

Siphiwe Tshabalala abriu o placar aos 10 minutos do segundo tempo da partida disputada no estádio Soccer City, de Johanesburgo, pelo Grupo A, que inclui Uruguai e França. O jogador do Barcelona empatou aos 34 minutos da segunda etapa.

Assim sendo, o México não obteve a vitória na quinta partida inaugural que disputa em sua história, e o treinador da África do Sul, o brasileiro Carlos Alberto Parreira, continua sem poder comemorar uma vitória em uma Copa do Mundo à frente de uma seleção que não seja o Brasil, que levou ao título em 1994.

O México começou pressionando e aos dois minutos teve sua primeira chance, com um chute de Giovani dos Santos que terminou em escanteio.

Mas pouco a pouco a África do Sul saiu da pressão mexicana e se insinuou ao ataque, embora tenha ficado mais exposta aos contra-ataques, e o México atacava de forma constante pela direita.

A primeira oportunidade da África do Sul surgiu aos 17 minutos mediante uma falta desviada batida por Steven Pienaar.

Um minuto depois, Dos Santos arrematou após uma boa jogada individual após recuperar a bola perto do centro do campo.

A partir daí a partida foi muito disputada, sem chances claras de gol durante vários minutos e com os dois times se testando com tiros de média distância.

Aos 36 minutos, o árbitro uzbeque Rashvan Irmatov anulou um gol do México por impedimento de Vela.

MELHORA SUL-AFRICANA

Aos 10 minutos do segundo tempo, Siphiwe Tshabalala inaugurou o placar com um chute cruzado forte após entrar rapidamente na área pela esquerda e deixar o goleiro mexicano, Oscar Pérez, sem opção.

Encorajados pelo gol, os “Bafana Bafana” redobraram seus esforços no ataque, novamente se expondo aos contra-ataques mexicanos, e Vela quase empatou aos 15 minutos da segunda etapa.

O técnico do México, Javier Aguirre, colocou Javier Hernández e Cuahtémoc Blanco nos lugares de Vela e Franco, e pouco depois sua seleção obteve o ansiado empate.

Aos 34 minutos, Rafael Márquez anulou o goleiro local com um chute de perto após uma jogada pelo lado esquerdo e um passe do capitão Gerardo Torrado.

Os anfitriões tiveram a vitória a seus pés aos 43 do segundo tempo, quando Mphela definiu com a esquerda ante Pérez, mas seu tiro bateu na trave, terminando com as esperanças locais.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below