12 de Junho de 2010 / às 18:21 / em 7 anos

Hamilton encerra série de poles da Red Bull

Por Julian Linden

<p>O piloto brit&acirc;nico Lewis Hamilton, da McLaren, p&ocirc;s fim &agrave; sequ&ecirc;ncia de sete poles seguidas da Red Bull nesta temporada. 11/06/2010 REUTERS/Mathieu Belanger</p>

MONTREAL (Reuters) - Lewis Hamilton, da McLaren, fez sua última volta com perfeição para abocanhar a pole position do GP do Canadá de Fórmula 1, neste sábado, encerrando ainda a supremacia da rival Red Bull na sessão de tomada de tempo.

Com poucos segundos restando e quase nada de combustível no tanque de seu carro, o britânico completou o circuito Gilles Villeneuve em 1min15s105, para acabar com as esperanças da Red Bull de conquistar sua oitava pole consecutiva.

O australiano Mark Webber, líder do campeonato e que começou as últimas três corridas do primeiro lugar no grid, teve de se contentar em dividir a primeira fila com o campeão mundial de 2008 depois de registrar o segundo tempo mais rápido.

O companheiro de escuderia de Webber, o alemão Sebastian Vettel, fez a terceira melhor volta, com o espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, em quarto.

Colega de Hamilton na McLaren e atual campeão da categoria, Jenson Button foi o quinto colocado depois de só ter conseguido passar para a etapa final da classificação com uma última volta milagrosa na segunda sessão.

O brasileiro Felipe Massa, que recentemente renovou contrato com a equipe italiana até 2012, largará na sétima posição, atrás do Force India de Vitantonio Liuzzi.

Rubens Barrichello, da Williams, será o 11o, enquanto Bruno Senna, da HRT, e Lucas di Grassi, da Virgin, largarão em 22o e 23o respectivamente.

Esta foi a terceira pole seguida de Hamilton em Montreal, que não integrou o calendário da F1 no ano passado.

A Red Bull, até então, havia conquistado a pole em todas as corridas da temporada, mas o circuito de rua canadense privilegia os carros da McLaren com suas longas retas e curvas bastante sinuosas.

A McLaren dominou os treinos livres, marcando os tempos mais rápidos em duas das três sessões, mas a Red Bull ameaçou novamente superar o time inglês quando Webber conseguiu o tempo mais rápido com 1min15s373 a apenas alguns segundos para o final da tomada de tempo.

Hamilton conseguiu cruzar a linha de chegada antes do cronômetro zerar para dar início à sua volta voadora, bater o tempo de Webber e conquistar sua 18a pole da carreira e a primeira desde Abu Dhabi, no ano passado.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below