16 de Junho de 2010 / às 16:04 / 7 anos atrás

Suíça derrota favorita Espanha na estreia no Mundial

Por Nick Mulvenney

<p>O jogador espanhol Carles Puyol luta pela bola com o su&iacute;&ccedil;o Tranquillo Barnetta (&agrave; direita) em partida da Copa do Mundo de 2010 no est&aacute;dio Moses Mabhida em Durban, 16 de junho de 2010. REUTERS/Carlos Barria</p>

DURBAN (Reuters) - A Suíça foi responsável pela maior surpresa da Copa do Mundo até agora ao bater a campeã europeia Espanha por 1 x 0 pelo Grupo H nesta quarta-feira, sua primeira vitória sobre os espanhóis em 19 jogos.

O gol dos suíços foi marcado aos sete minutos do segundo tempo por Gelson Fernandes, que ficou com a bola após uma disputa entre o goleiro Iker Casillas e Eren Derdiyok. A Espanha, apesar de todo seu talento, foi incapaz de encontrar uma brecha na parede de camisas brancas.

“Tentamos uma abordagem ortodoxa e heróica, mas não conseguimos chegar lá. Não era nosso dia. Dominamos quase toda a partida”, disse o técnico espanhol Vicente del Bosque.

“Esta derrota significa que temos que vencer as outras duas partidas do grupo”, acrescentou.

A Suíça divide a liderança do Grupo H com o Chile, que bateu Honduras por 1 x 0 também nesta quarta-feira.

A seleção da Suíça passou quatro jogos da Copa do Mundo de 2006 sem tomar gols e de novo não foi vazada. O último gol tomado pelo time em Mundiais foi na derrota de 3 x 0 para a Espanha em 1994.

Após um primeiro tempo nada memorável, os suíços pareciam prestes a passar outros 45 minutos se defendendo com unhas e dentes até que um chutão do goleiro Diego Benaglio causou alvoroço na defesa espanhola.

Os campeões europeus, favoritos de muitos especialistas para conquistar o torneio, ficaram com a bola a maior parte do jogo, mas não conseguiram converter suas chances em gols.

O técnico Vicente del Bosque, que havia iniciado a partida com David Villa sozinho no ataque, colocou Fernando Torres e Jesus Navas depois do gol para tentar salvar a partida, mas sem sucesso.

Xabi Alonso acertou a trave com um belo tiro aos 25 minutos da segunda etapa, Navas chutou sem convicção contra a rede de Benaglio e Gerard Pique desperdiçou mais uma chance no ataque espanhol seguinte.

Eren Derdiyok, jogando no lugar do contundido capitão Alex Frei, quase dobrou a vantagem suíça, mas para alívio dos espanhóis seu chute atingiu o trave.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below