6 de Julho de 2010 / às 20:28 / em 7 anos

Holanda vence Uruguai e é finalista do Mundial pela 3a vez

Por Brian Homewood

<p>Arjen Robben, da Holanda, comemora gol em vit&oacute;ria por 3 x 2 sobre o Uruguai. REUTERS/Paulo Whitaker</p>

CIDADE DO CABO (Reuters) - A seleção da Holanda derrotou o Uruguai por 3 x 2 nesta terça-feira e é a primeira finalista da Copa do Mundo da África do Sul.

Wesley Sneijder brilhou novamente e fez um dos gols da vitória dos holandeses, que chegam a uma decisão de Mundial pela terceira vez, a primeira em 32 anos. Vice-campeã em 1974 e 1978 com times que encantaram o mundo, a Holanda tentará pela primeira vez levar o troféu.

Os holandeses, que derrotaram o Brasil nas quartas de final, enfrentam na decisão de domingo o vencedor da partida entre Alemanha e Espanha.

“A primeira final desde 74 e 78, foi o que me veio em mente no segundo tempo”, disse o técnico Bert van Marwijk. “É muito especial, e um país pequeno como o nosso deve se sentir orgulhoso”.

“Depois do segundo e terceiro gols, deveríamos ter marcado um quarto. Mas isto é uma Copa do Mundo, e o que importa é o resultado, não como você chega lá”, acrescentou.

Já o Uruguai, que buscava ser finalista depois de 60 anos, disputará o terceiro lugar no sábado.

Aos 18 minutos de jogo, Giovanni van Bronckhorst colocou a Holanda na frente ao acertar um lindo chute de 30 metros do lado esquerdo do campo. A bola chegou a tocar a trave antes de estufar a rede.

O empate uruguaio veio de forma parecida. Quatro minutos antes do intervalo, Diego Forlán chutou alto de perna esquerda, superando o goleiro Maarten Stekelenburg.

O gol animou o time, que sentiu falta do atacante suspenso Luis Suárez e do capitão Diego Lugano, contundido, e se lançou com mais ânimo ao ataque.

QUINTO GOL NA COPA

No segundo tempo, a Holanda teve mais posse de bola, porém o Uruguai criou as melhores oportunidades. Mesmo assim os holandeses fizeram 2 x 1 graças a um chute rasteiro de Wesley Sneijder que enganou o goleiro Fernando Muslera aos 25 minutos.

Foi o quinto gol de Sneijder na Copa. Assim, ele se junta ao espanhol David Villa no topo da lista de artilheiros.

Três minutos depois do segundo gol, Arjen Robben aproveitou de cabeça um cruzamento de Dirk Kuyt e fez 3 x 1.

O Uruguai ainda diminuiu aos 47 minutos através de Maximiliano Pereira, e tentou o empate nos minutos finais, mas não conseguiu.

O técnico uruguaio, Oscar Tabárez, disse na coletiva de imprensa após a partida: “Estou muito orgulhoso dos meus jogadores. Nosso adversário foi melhor do que nós na hora de marcar gols. Fomos bastante longe, ninguém esperava isso, e isso ajuda na tristeza da derrota”.

O meio-campista Egidio Arevalo acrescentou: “Fizemos uma boa Copa do Mundo. Fazia muitos anos que não nos saíamos tão bem”.

O Uruguai, campeão em 1930 e 1950, não chegava a uma semifinal de Copa do Mundo desde 1970.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below