16 de Novembro de 2010 / às 13:12 / em 7 anos

Webber: preciso descansar mas vou voltar mais forte

SYDNEY (Reuters) - O piloto da Red Bull Mark Webber prometeu retornar como um piloto melhor na próxima temporada da Fórmula 1 após ter perdido a chance de conquistar o título mundial no último fim de semana da temporada.

<p>Mark Webber da Red Bull antes de sess&atilde;o de treino livre em Interlagos. Webber prometeu retornar como um piloto melhor na pr&oacute;xima temporada da F&oacute;rmula 1 ap&oacute;s ter perdido a chance de conquistar o t&iacute;tulo mundial no &uacute;ltimo fim de semana da temporada. 06/11/2010 REUTERS/Bruno Domingos/Arquivo</p>

O australiano teria conquistado a taça com uma vitória no Grande Prêmio de Abu Dhabi no domingo, mas ficou apenas em oitavo lugar e assistiu a seu companheiro de equipe Sebastian Vettel vencer a prova para se tornar o mais jovem campeão da história da F1, com 23 anos.

“Ainda estou me sentindo frustrado com o que aconteceu no GP de Abu Dhabi, eu tinha como alvo o principal título do automobilismo, e não cheguei lá”, escreveu o australiano de 34 anos em sua coluna no jornal Daily Telegraph de seu país, nesta terça-feira.

“Agora eu preciso de um bom descanso... foi uma longa temporada desde a terceira semana de janeiro. Muitas viagens e muito esforço. Agora é hora de descansar.”

No início do ano, Webber era visto apenas como um escudeiro para Vettel lutar pelo título, mas o australiano foi aos poucos roubando espaço do companheiro e assumiu a liderança do campeonato com quatro vitórias, sendo ultrapassado apenas após um acidente no GP da Coreia do Sul do mês passado.

Apesar da decepção com a forma como acabou o campeonato, Webber elogiou a conquista do companheiro de equipe.

“Tivemos os nossos altos e baixos, mas nós pressionamos um ao outro e sempre é recompensador sair da cama para fazer isso”, escreveu Webber.

“É incrível pensar que a única vez que ele liderou o campeonato foi após a última corrida, mas essa é a única hora que importa.”

Webber terminou o campeonato em terceiro lugar, atrás do espanhol Fernando Alonso, da Ferrari.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below