9 de Fevereiro de 2011 / às 22:10 / 7 anos atrás

Brasil perde para França no primeiro jogo de 2011

PARIS (Reuters) - A seleção brasileira sofreu mais uma derrota para a França, desta vez por 1 x 0, em amistoso disputado nesta quarta-feira em Paris, na primeira partida do time comandado por Mano Menezes em 2011.

<p>Hernanes recebe cart&atilde; vermelho no primeiro tempo do jogo em que o Brasil perdeu por 1 x 0 para a Fran&ccedil;a, em Paris. 09/02/2011 REUTERS/Gonzalo Fuentes</p>

Com o resultado, a França mantém a invencibilidade e o bom retrospecto diante da seleção brasileira, que não vence a rival desde 1992. O Brasil perdeu também os confrontos nas Copas do Mundo de 1986, 1998 e 2006.

A partida desta quarta, cujo gol foi marcado pelo atacante Benzema no segundo tempo, foi no mesmo Stade de France onde a seleção local conquistou seu único título mundial, vencendo o Brasil por 3 x 0 na decisão de 1998.

O jogo foi truncado no primeiro tempo, mas, após a expulsão de Hernanes pouco antes do intervalo por um chute no peito de um adversário, a França dominou e impôs ao Brasil sua segunda derrota seguida -- o time havia sido superado pela Argentina pelo mesmo placar em novembro.

“Pesou muito a expulsão do Hernanes, acho que o juiz foi muito rigoroso... mas valeu o espírito de grupo, o time lutou até o final. Serve de lição para o futuro”, disse o zagueiro David Luiz, que trocou o Benfica pelo Chelsea recentemente.

Agora, em dois jogos contra equipes tradicionais, a seleção acumula duas derrotas. Após a eliminação nas quartas de final da Copa de 2010, a seleção iniciou uma reformulação, assim como a França, eliminada ainda na primeira fase do torneio.

“Quando a seleção entra em campo, tem que vencer sempre. É um começo de trabalho. Vamos continuar que estamos no caminho certo”, afirmou o goleiro Julio Cesar, que voltou à seleção após o Mundial da África do Sul.

O Brasil começou o amistoso com Julio Cesar, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e André Santos; Lucas, Elias, Renato Augusto e Hernanes; Robinho e Alexandre Pato. Mano Menezes convocou apenas jogadores que atuam no exterior, já que temporada de futebol no Brasil começou há pouco tempo.

A primeira boa oportunidade de gol foi francesa, aos 9 minutos: Benzema recebeu passe de primeira e chutou cruzado, perto do gol de Julio Cesar.

O Brasil respondeu quatro minutos depois, quando Pato chutou da entrada da área por cima do travessão.

As duas seleções tinham dificuldades em chegar ao gol adversário. Com o meio-campo congestionado, as ações se concentravam neste setor, sem muitas chances claras de gol.

CARTÃO VERMELHO

A situação se complicou ainda mais para o Brasil com a expulsão de Hernanes, que acertou um chute no peito de Benzema aos 40 minutos e recebeu o cartão vermelho direto.

Com um a menos, o atacante Robinho foi obrigado a recuar um pouco.

“Agora a gente tem que se sacrificar mais, voltar para recompor o meio-campo, senão fica um buraco no meio”, disse Robinho no intervalo.

Logo aos 3 minutos do segundo tempo, Benzema recebeu livre na área, mas chutou em cima de David Luiz.

De tanto insistir, Benzema marcou. Aos 9 minutos, após cruzamento da direita, o atacante só completou de dentro da área, fazendo 1 x 0.

Pouco depois, Julio Cesar, fez uma ótima defesa em um cabeceio cara-a-cara.

Aos 13 minutos, Mano fez a primeira mudança no time: Jádson substituiu Renato Augusto, que pouco produziu em sua estreia no time. Nervoso, Robinho recebeu cartão amarelo e foi substituído pelo volante Sandro aos 25 minutos. Hulk ainda entrou no lugar de Pato, e André substituiu Elias.

Hulk teve a chance de empatar aos 45 minutos após bom passe de Jádson, mas adiantou muito a bola e não conseguiu finalizar. A França, então, segurou mais uma vitória contra os brasileiros.

Este foi o quinto jogo de Mano Menezes no comando do Brasil. O treinador, que substituiu Dunga após a Copa do Mundo da África do Sul, estreou na seleção com uma vitória por 2 x 0 sobre os Estados Unidos, em agosto. Dois meses depois, o Brasil fez 3 x 0 no Irã e 2 x 0 na Ucrânia. Em novembro veio a primeira derrota, 1 x 0 diante da Argentina.

Neste ano, Mano disputará sua primeira competição como técnico da seleção: a Copa América, na Argentina, em julho.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below