27 de Maio de 2011 / às 13:41 / em 6 anos

Fifa confirma que São Paulo está fora da Copa das Confederações

Por Brian Homewood

ZURIQUE (Reuters) - São Paulo não vai receber nenhum jogo da Copa das Confederações de 2013, e o Rio de Janeiro será a sede do Centro Internacional de Transmissão do Mundial de 2014, anunciou a Fifa nesta sexta-feira.

A federação internacional também fez um alerta que algumas cidades ainda podem ser excluídas da Copa do Mundo se não melhorarem seus sistemas de transporte, principalmente os aeroportos.

A Copa das Confederações é considerado o principal teste para a Copa do Mundo, e o anúncio desta sexta-feira, realizado após uma reunião entre a Fifa e o comitê organizador local brasileiro, prejudica a intenção de São Paulo de receber o jogo de abertura em 2014.

“Foi determinado na reunião que apenas cidades com previsão de conclusão das obras nos estádios até o início de 2013 serão consideradas para sediar partidas da Copa das Confederações”, disse a Fifa em comunicado nesta sexta-feira.

“Consequentemente, São Paulo e Natal não são mais consideradas como potenciais sedes para a Copa das Confederações da Fifa”, acrescentou.

São Paulo planeja realizar os jogos do Mundial no estádio a ser construído pelo Corinthians em Itaquera, mas o início das obras foi adiado repetidas vezes.

Inicialmente, a cidade teria o Morumbi como estádio, mas a arena do São Paulo foi rejeitada no ano passado, porque o comitê local não recebeu as garantias financeiras necessárias para cobrir os custos das reformas exigidas.

O comitê da cidade para o Mundial não admitiu que São Paulo ficará fora da competição realizada um ano antes do Mundial.

“Não consideramos que São Paulo esteja fora da Copa das Confederações. Até ontem, a proposta de São Paulo era oferecer à Fifa outros estádios para a Copa das Confederações, vamos ver se agora com esse anúncio isso permanece ou muda alguma coisa”, disse por telefone à Reuters uma assessora do comitê organizador de São Paulo para o Mundial, logo após o comunicado da Fifa.

O ministro do Esporte, Orlando Silva, no entanto, já rejeitou repetidas vezes a proposta paulista de oferecer para a Copa das Confederações um estádio que não será utilizado no Mundial, uma vez que o principal objetivo do torneio em 2013 é preparar as sedes para a Copa do Mundo.

De acordo com a Fifa, o trabalho nas outras 10 das 12 cidades está “no rumo certo”.

O Brasil, no entanto, recebeu um alerta sobre os sistemas de transporte, que na maioria das cidades é composto principalmente por ônibus, metrôs e vans cheios e perigosos.

“É crucial que todos os locais que sediarão a Copa do Mundo da Fifa tenham infraestrutura adequada, que atenda aos milhares de espectadores e possibilite que eles se movimentem pela cidade para irem a um jogo”, afirmou o secretário-geral da Fifa, Jêróme Valcke, no encerramento da reunião, segundo o comunicado.

“Se esse não for o caso, não poderemos sediar jogos nessas cidades”, acrescentou.

O comunicado da Fifa afirmou ainda: “Permanecem as questões relacionadas à operação e capacidade dos aeroportos, assim como à infraestrutura de transporte, que foram tratadas com as mais altas autoridades brasileiras.”

A Fifa também anunciou que o Centro Internacional de Transmissão será no Riocentro, zona oeste do Rio de Janeiro.

“O Rio de Janeiro foi escolhido por diversas razões, incluindo a qualidade da infraestrutura, a diversidade de acomodações e atividades disponíveis na cidade, bem como pelo desejo manifestado com ênfase para fornecer todo apoio possível ao IBC e seus usuários”, disse a Fifa.

Reportagem adicional de Pedro Fonseca no Rio de Janeiro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below