28 de Maio de 2011 / às 15:20 / em 6 anos

Murray supera lesão e avança em Paris; Nadal e Djokovic também

Por Mark Meadows

Andy Murray durante jogo contra Michael Berrer no Aberto da França em Roland Garros, Paris. Rafael Nadal e Andy Murray garantiram vitórias na terceira rodada de Roland Garros neste sábado e avançaram no torneio. 28/05/2011 REUTERS/Benoit Tessier

PARIS (Reuters) - Rafael Nadal e Andy Murray garantiram vitórias na terceira rodada de Roland Garros neste sábado e avançaram no torneio, embora o britânico tenha sofrido uma lesão que pode ameaçar suas esperanças de título.

O quarto cabeça de chave, que ainda não conquistou nenhum grand slam, caiu sobre o tornozelo tentando deslizar para alcançar uma bola no início do segundo set, e depois de enfaixar fortemente o local conseguiu seguir adiante, mesmo com caretas contínuas e a perda imediata do serviço.

Transpiração, e não inspiração, tem sido a marca registrada da campanha de Murray no saibro de Paris até agora, mas tirando a contusão e a cor de camisa que compartilhou com Nadal, o clima ruim foi afastado com uma vitória de 6-2, 6-3 e 6-2 sobre Michael Berrer.

Os efeitos da lesão não ficaram claros de imediato, já que o azarão alemão foi tão fraco que Murray não teve que forçar muito o tornozelo, tendo iniciado a partida em estado muito melhor.

Se mantiver a forma, Murray enfrenta o sérvio e 15o cabeça de chave Viktor Troicki, que bateu o ucraniano Alexandr Dolgopolov em parciais de 6-4, 3-6, 6-3 e 6-4.

O campeão Nadal passou com dificuldade pelas duas primeiras partidas, mas era só sorriso na vitória de 6-1, 6-3 e 6-0 sobre o croata Antonio Veic e sua vulnerabilidade recente só se evidenciou no primeiro serviço do primeiro set, e quando ele teve o serviço quebrado duas vezes no segundo set.

Em busca do sexto título em sete anos, o espanhol vai para a quarta rodada com muito mais confiança, mas encara adversários bem mais perigosos que podem explorar o nervosismo causado pelas derrotas em Madri e Roma diante de Novak Djokovic.

Segundo cabeça de chave, Djokovic venceu o argentino Juan Martin Del Potro por 6-3, 3-6, 6-3 e 6-2 na manhã deste sábado, retomando jogo que havia sido interrompido na véspera por falta de luminosidade.

A veloz chinesa Li Na obteve a vitória na terceira rodada da chave feminina sobre a romena Sorana Cirstea antes mesmo da maioria da plateia chegar.

Longas filas se formavam para os principais jogos deste sábado quando a sexta cabeça de chave Li, bicampeã no Aberto da Austrália, selou um êxito de 62 e 6-2.

Os organizadores ficaram gratos com o trabalho rápido de Li dada a duração da programação na segunda quadra principal.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below