8 de Outubro de 2011 / às 15:07 / em 6 anos

Nadal vai enfrentar Murray na final do Aberto do Japão

Por Alastair Himmer

Rafael Nadal sobrepujou o norte-americano Mardy Fish por 7-5 e 6-1 após uma saraivada de winners de fundo de quadra e chegou à final do Aberto do Japão. REUTERS/Yuriko Nakao

TÓQUIO (Reuters) - Rafael Nadal sobrepujou o norte-americano Mardy Fish por 7-5 e 6-1 após uma saraivada de winners de fundo de quadra e chegou à final do Aberto do Japão neste sábado.

Defendendo o título, o espanhol enfrentará o britânico Andy Murray no domingo depois que o segundo cabeça de chave massacrou David Ferrer em parciais de 6-2 e 6-3.

“Joguei mais perto da linha de fundo e fiz muitas coisas melhor hoje,” disse Nadal aos repórteres. “Quando tive as chances, senti que estava pronto para o ataque.”

Nadal tem sido visto comendo macarrão instantâneo antes e depois das partidas em Tóquio e colocando amostras grátis em sua sacola de raquetes antes de voltar para o hotel.

Mas o vencedor de dez torneios de grand slam insistiu que sua dieta é mais pesada.

“Não é só macarrão,” afirmou ele depois de superar o número um do mundo, Novak Djokovic, em número de vitórias este ano com seu 65 êxito em quadra.

“Comi teppanyaki, fui ao mercado de peixe. Em qualquer país do mundo em que jogue, sempre procuro comida japonesa.”

“Talvez 30 por cento das vezes, quando vou jantar fora, peço comida japonesa.”

Nadal, como esperado, aumentou a pressão em 5-5 no primeiro set, forçando uma quebra quando o quarto cabeça de chave Fish matou um backhand na rede.

O espanhol, que disputa seu primeiro torneio desde que ajudou seu país a chegar à final da Copa Davis no mês passado, fez de Fish um capacho no segundo set.

Nadal abriu uma vantagem de 4-0 e um Fish atormentado atirou a raquete no piso da quadra de pura frustração após chegar a 5-1.

O fim chegou rápido para o norte-americano e Nadal fez o ponto final com um forehand estupendo para sublinhar o abismo entre os jogadores.

Após conquistar seu terceiro título na temporada em Bancoque na semana passada, Murray se mostrou afiado ao abater Ferrer e preparar uma final de sonho para os organizadores do evento.

“Tentei ser agressivo já no início da troca de bola e não deixá-lo ditar muitos pontos no meu serviço,” disse o escocês. “Deve ser uma grande final com Rafa, ele é sempre difícil.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below