21 de Julho de 2012 / às 14:53 / em 5 anos

Alonso ignora tempo ruim e larga na pole na Alemanha

Por Brian Homewood

Fernando Alonso comemora pole position no GP da Alemanha ao lado dos pilotos Mark Webber e Sebastian Vettel. Desafiando um clima atroz, o bicampeão mundial Fernando Alonso, da Ferrari, arrebatou a pole position do Grande Prêmio de Fórmula 1 da Alemanha neste sábado. 21/07/2012 REUTERS/Ralph Orlowski

HOCKENHEIM, Alemanha, 21 Jul (Reuters) - Desafiando um clima atroz, o bicampeão mundial Fernando Alonso, da Ferrari, arrebatou a pole position do Grande Prêmio de Fórmula 1 da Alemanha neste sábado.

O espanhol vai dividir a primeira fila com o bicampeão Sebastian Vettel, da Red Bull, que tentará vencer um GP em sua terra natal pela primeira vez.

Mark Webber, companheiro de equipe de Vettel e segundo no campeonato após nove das 20 provas, foi o terceiro mais rápido, mas perdeu cinco posição após ser penalizado por uma troca de câmbio não programada antes do treino classificatório.

O heptacampeão Michael Schumacher, quarto mais veloz com sua Mercedes diante dos torcedores da casa, assume a terceira vaga e larga ao lado da Force India de Nico Hulkenberg, formando uma segunda fila cem por cento alemã.

“Não foi divertido, com certeza”, disse Alonso sobre sua segunda pole consecutiva, a primeira tendo vindo em Silverstone duas semanas atrás, e a 22ª de sua carreira.

“Quando você tem esse tipo de condição é muito difícil fazer uma volta boa e muito fácil terminar na caixa de brita ou na grama ou no muro.”

“É uma questão de sobrevivência, de certa forma. Você tenta completar a volta e fica feliz seja qual for sua posição”, acrescentou.

Um grande trovão soou sobre o circuito antes da segunda bateria de treinos, anunciando um dilúvio que deixou poças de água por toda a pista.

“Nessas condições é sempre uma loteria”, declarou Vettel, que ainda não venceu nenhuma corrida em julho. “Você pode perder o carro sem cometer nenhum erro.”

“Acho que mostramos que o carro é forte sob qualquer situação”, afirmou Webber. “Mas nunca é ideal ficar com um pé atrás por ter dado um tiro no outro”.

Jenson Button e Lewis Hamilton, da McLaren, que decepcionaram nas duas últimas provas, foram sétimo e oitavo mais rápidos depois de correr bem na sexta-feira com novas modificações nos carros, mas irão subir no grid graças à punição de Webber.

O alemão Nico Rosberg, colega de equipe de Schumacher, e o francês Romain Grosjean, da Lotus, também sofreram penalidades de cinco posições na corrida de domingo em função da troca de câmbios.

Os brasileiros Felipe Massa e Bruno Senna largam em 14º e 15º respectivamente.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below