17 de Outubro de 2012 / às 12:57 / em 5 anos

Armstrong deixa cargo em fundação de caridade; Nike acaba patrocínio

17 Out (Reuters) - Lance Armstrong renunciou ao cargo de presidente do conselho da fundação de caridade que ele criou, a Livestrong, depois que autoridades antidoping dos EUA divulgaram um relatório devastador detalhando o uso de doping para melhorar a performance do ciclista, que por anos foi um dos melhores do mundo, anunciou a fundação nesta quarta-feira.

Lance Armstrong caminha para seu carro após correr no parque Mount Royal em Montreal, Canadá. Armstrong renunciou ao cargo de presidente do conselho da fundação de caridade que ele criou, a Livestrong, depois que autoridades antidoping dos EUA divulgaram um relatório devastador detalhando o uso de doping para melhorar a performance do ciclista, que por anos foi um dos melhores do mundo. 29/08/2012 REUTERS/Christinne Muschi

Separadamente, uma de suas principais empresas patrocinadoras, a Nike, informou que estava encerrando o patrocínio a Armstrong.

Reportagem de Dan Burns

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below