31 de Janeiro de 2013 / às 16:53 / em 5 anos

Aos 37, Beckham assina com PSG e vai dançar seu último tango em Paris

Por Julien Pretot

Ex-capitão da seleção inglesa David Beckham é visto durante coletiva de imprensa em Paris. Beckham fechou acordo para atuar no Paris St Germain por cinco meses, informou o clube francês nesta quinta-feira. 31/10/2013 REUTERS/Philippe

PARIS, 31 Jan (Reuters) - A notável carreira de David Beckham encaminhou-se na quinta-feira para uma surpreendente conclusão, com a contratação do ex-capitão da seleção inglesa pelo Paris St. Germain.

A vida em Paris do meio-campista, ex-Manchester United e ex-Real Madrid, será uma grande atração midiática. Ele prometeu doar seu salário para uma instituição de caridade infantil na capital francesa.

O jogador, de 37 anos, disse que vai deixar a família - sua mulher, a ex-Spice Girl Victoria, e três filhos - morando em Londres, por causa da escola das crianças.

“Eu vejo o que o clube está tentando fazer. Paris é uma cidade interessante, sempre foi e sempre será, mas agora é o clube que é interessante para mim. Estou feliz por ter escolhido ser parte do futuro do PSG. Estou muito animado.”

O presidente do PSG, Nasser al Khelaifi, disse em entrevista coletiva no Parc des Princes que “David recusou muitos clubes pelo mundo, então estamos felizes por tê-lo”.

“Ele vai nos ajudar a alcançar nosso sonho de nos tornarmos um dos melhores clubes europeus, ele será de grande valor para o clube, ele será um grande patrimônio.”

Desde que assumiram o clube, há dois anos, investidores do Catar já gastaram mais de 200 milhões de euros (271 milhões de dólares) em contratações como as do sueco Zlatan Ibrahimovic, dos argentinos Javier Pastore e Ezequiel Lavezzi, e dos brasileiros Lucas e Thiago Silva.

Ao iniciar seus cinco meses de contrato, Beckham deve pisar no gramado Geoffroy Guichard, no subúrbio parisiense de St. Etienne, pela primeira vez desde que foi expulso pela seleção inglesa no jogo contra a Argentina na Copa de 1998.

Na época, o inglês tinha cabelo comprido e jeito de menino. Agora, será o segundo jogador mais velho da Ligue 1, um campeonato para o qual vê boas perspectivas.

“Eu talvez só tivesse assinado até o final da temporada, mas me considero parte do futuro deste clube: ao ajudar este clube a crescer e o Campeonato Francês a crescer, e ao ajudar este clube a se tornar uma das maiores potências do futebol”, afirmou.

Ele diz que não espera ser titular nem disputar todas as partidas, mas prometeu se empenhar para isso. “Ainda estou em forma, ainda consigo jogar como quando tinha 21 anos. Não perdi velocidade, porque nunca tive velocidade.” Beckham admitiu, no entanto, que talvez leve algumas semanas para ter condições de jogo.

Beckham foi campeão nacional na temporada de despedida dos três clubes para os quais jogou de forma permanente: Manchester United, Real Madrid e Los Angeles Galaxy.

Sua carreira também incluiu dois empréstimos ao Milan, em 2009 e 2010, período em que foi comandado por Carlo Ancelotti, hoje técnico do PSG - “um dos melhores que eu já tive”, destacou o meia.

O PSG não é campeão francês desde 1994, mas lidera a atual edição com 45 pontos em 22 partidas.

Beckham usará a camisa 32. A mesma de Magic Johnson no Los Angeles Lakers.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below