16 de Abril de 2013 / às 10:46 / em 5 anos

Maratona de Londres é mantida no domingo apesar de explosão em Boston

LONDRES, 16 Abr (Reuters) - A Maratona de Londres será realizada no domingo como planejado na capital britânica, apesar do ataque a bomba na corrida de Boston que matou três pessoas e feriu mais de 100, informaram a polícia e autoridades nesta terça-feira.

Placa para fechamento de rua é visto no local da linha de chegada da Maratona de Londres, no centro da capital inglesa. A Maratona de Londres será realizada no domingo como planejado na capital britânica, apesar do ataque a bomba na corrida de Boston que matou três pessoas e feriu mais de 100. 16/04/2013 REUTERS/Toby Melville

O ministro dos Esportes, Hugh Robertson, disse que tem confiança no plano de segurança para o evento de Londres, e incentivou as pessoas a participarem como uma demonstração de solidariedade com a cidade dos EUA.

“Em termos de segurança, estamos tão confiantes o quanto podemos de que podemos realizar uma maratona segura”, disse Robertson em entrevista às emissoras BBC e Sky TV.

A Maratona de Londres vai atrair 36 mil corredores, entre eles o corredor britânico bicampeão olímpico Mo Farah, num trajeto a partir do Greenwich Park e passando pelos marcos históricos da cidade até a chegada no Mall.

O prefeito de Londres, Boris Johnson, disse a jornalistas durante uma visita a Dubai: “Obviamente, o que aconteceu em Boston foi chocante e terrível, e nossos pensamentos estão com as vítimas e suas famílias.”

As bombas de Boston explodiram perto de espectadores que estavam em pé atrás de barreiras de isolamento na rua. As duas explosões ocorreram a cerca de 50 a 100 metros de distância, enquanto corredores cruzavam a linha de chegada.

O incidente despertou lembranças dos ataques de 11 de setembro de 2001 contra os Estados Unidos, embora ninguém tenha reivindicado responsabilidade e ainda não se tenha determinado nenhum motivo.

Robertson disse que a polícia e os militares britânicos têm grande experiência em proteger grandes eventos.

“A melhor maneira de lidar com isso é sair às ruas, é mostrar solidariedade com o povo de Boston, celebrar uma maratona fantástica e enviar uma mensagem muito clara aos responsáveis ​​que não seremos intimidados por este tipo de comportamento”, disse.

Reportagem de Pritha Sarkar, Patrick Johnston, Herman Martyn e William MacLean

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below