14 de Junho de 2013 / às 19:48 / em 4 anos

Felipão quer vitória contra Japão para evitar situação "horrível"

BRASÍLIA, 14 Jun (Reuters) - O Brasil tem que vencer o jogo de abertura da Copa das Confederações, no sábado, contra o Japão, para evitar uma situação “horrível” e de intranquilidade, disse o técnico da seleção, Luiz Felipe Scolari, nesta sexta-feira.

Felipão lembrou da disputa da Eurocopa de 2004, quando comandava a seleção de Portugal, e perdeu o primeiro jogo contra a Grécia.

“Depois classificamos com duas vitórias, mas é horrível jogar o primeiro jogo na tua casa e perder”, afirmou o treinador durante entrevista coletiva em Brasília.

“É horrível. O ambiente fica difícil de a gente administrar, torcedores, público, imprensa, jogadores. É uma situação que não se deve passar”, acrescentou.

Segundo ele, parte das conversas que tem tido com os jogadores servem justamente para mostrar a importância da vitória contra o Japão no sábado.

Felipão disse que a seleção do Japão tem méritos, porque foi a primeira a se classificar para a Copa do Mundo de 2014, e será um jogo difícil para o Brasil.

“Pelo estudo que a gente tem feito...o Japão vai jogar marcando, claro, mas vai jogar bem mais à frente”, disse o técnico brasileiro, comparando os últimos jogos da seleção contra França e Inglaterra, este mês, quando os adversários jogaram mais fechados na defesa.

Depois do treino no estádio Nacional Mané Garrincha, os jogadores também frisaram a importância de estrear com vitória contra o Japão.

“É sempre importante você estrear com pé direito e acho que esse é o objetivo e a mentalidade que esse grupo vai para esse jogo”, afirmou o lateral direito Daniel Alves a jornalistas.

Lucas, um dos reservas que Felipão tem colocado no segundo tempo dos últimos amistosos, foi na mesma linha. “Começar vencendo é importantíssimo, e começar mal nos obriga a ter duas vitórias depois e a pressão é ainda maior”, argumentou.

TORCIDA

Felipão destacou ainda que conta com a ajuda da torcida, mas disse que para isso sabe que a seleção terá que jogar bem.

“O que nós temos de fazer é com que o torcedor participe e seja mais um jogador a nosso favor”, disse.

“Mas para que isso aconteça nós temos que jogar bem, nós temos que fazer com que torcedor realmente se motive”, acrescentou.

Felipão confirmou que caso não tenha nenhum problema de última hora, o time que enfrentará os japoneses será o mesmo que começou o jogo contra a França: Júlio César, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar; Hulk, Neymar e Fred.

Reportagem de Jeferson Ribeiro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below