21 de Janeiro de 2014 / às 15:57 / 4 anos atrás

Wawrinka elimina favorito Djokovic na Austrália

Por Ian Ransom

Suíço Stanilas Wawrinka comemora vitória sobre o sérvio Novak Djokovic na quarta de final do Aberto da Austrália, em Melbourne. O suíço Stanislas Wawrinka terminou nesta terça-feira com o reinado de três anos do sérvio Novak Djokovic no Aberto da Austrália, numa partida memorável de cinco sets pelas quartas-de-final do torneio. 21/01/2014. REUTERS/Petar Kujundzic

MELBOURNE, 21 Jan (Reuters) - O suíço Stanislas Wawrinka terminou nesta terça-feira com o reinado de três anos do sérvio Novak Djokovic no Aberto da Austrália, numa partida memorável de cinco sets pelas quartas-de-final do torneio.

Derrotado por Djokovic em dois jogos épicos de cinco sets no Aberto da Austrália e no Aberto dos Estados Unidos do ano passado, o tenista suíço desta vez venceu o sérvio por 3 sets a 2 (2-6, 6-4, 6-2, 3-6 e 9-7) numa partida de quatro horas na quadra central de Melbourne.

No tenso set final, Djokovic concedeu o match-point ao jogar uma bola fora e perdeu a partida ao errar um voleio. O triunfo do suíço foi merecido, e agora, depois de mexer com todo o torneio, ele enfrenta o sétimo cabeça de chave, o tcheco Tomas Berdych.

“Eu fui para a quadra com muita confiança, sabendo que se eu jogasse o meu melhor eu teria uma chance contra ele”, disse Wawrinka à imprensa, após terminar com uma série de 14 derrotas para o sérvio.

“É sempre duro, principalmente contra Novak. Eu estava cansado, estava nervoso também.”

“Tive que lutar comigo mesmo para lutar contra ele e tentar manter a minha linha durante a partida. No ano passado, foi bastante duro. Este ano é um novo ano.”

Tendo por muito tempo vivido à sombra do compatriota Roger Federer, Wawrinka fez história nesta terça na Austrália.

O suíço quebrou a sequência de 28 vitórias de Djokovic em torneios, uma série de 25 vitórias do sérvio na Austrália e impediu que o adversário continuasse a sequência de 14 semis sucessivas de torneios Grand Slam.

“Ele sabe como jogar agora nas grandes ocasiões. Você pode sentir isso no jogo dele”, disse Djokovic sobre o seu oponente.

“É uma quadra incrível, provavelmente a quadra onde eu tive as maiores emoções na minha carreira.”

“Infelizmente alguém tem que perder no final. Neste ano fui eu. Eu perdi para um jogador melhor.”

Wawrinka começou o jogo nervoso, cometendo erros não forçados. Depois de perder o primeiro set, o suíço se recompôs e quebrou o serviço do sérvio no sétimo game do segundo, vencido por ele.

Wawrinka voltou a quebrar o serviço de Djokovic no terceiro game do terceiro set. O sérvio reagiu no quarto set levando a partida para o set final.

Uma breve paralisação por conta de uma chuva passageira deu ainda mais emoção ao jogo.

Wawrinka foi recompensado por aguentar firme os momentos finais, enquanto Djokovic fraquejou no 8-7, quando foi sacar para se manter na partida.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below