5 de Março de 2014 / às 19:14 / em 4 anos

Neymar faz três em goleada do Brasil por 5 x 0 sobre África do Sul

Por Pedro Fonseca

5 Mar (Reuters) - Neymar está tão garantido na Copa do Mundo que nem precisava entrar em campo no Soccer City, mas o atacante do Barcelona demonstrou mais uma vez sua importância para a seleção brasileira ao marcar três vezes na vitória de 5 x 0 sobre a África do Sul, nesta quarta-feira, no último jogo da equipe antes da convocação para o Mundial.

Felipão usou a partida para fazer testes, e viu Fernandinho fazer um golaço de fora da área. Além de Neymar, Oscar também brilhou, e foi ele quem abriu o marcador. A dupla, que vem se destacando desde a conquista da Copa das Confederações no ano passado, voltou a conduzir o time com velocidade e toques de qualidade.

O técnico deixou o lateral-direito Rafinha e o volante Fernandinho em campo a partida toda para observar possíveis alternativas para as posições antes do anúncio da lista dos 23 nomes para a Copa do Mundo, no dia 7 de maio. Segundo o treinador, o grupo já está 90 por cento fechado, restando dúvidas em apenas duas ou três posições.

“Fechamos com chave de ouro, isso nos dá uma moral muito grande, uma confiança um pouco maior para que a gente possa descansar um pouco a nossa mente nesses três meses que antecedem a Copa do Mundo”, disse o capitão Thiago Silva após a partida. “Vamos fazer de tudo para conquistar o Mundial.”

Jogando no palco da final da Copa do Mundo de 2010 contra a seleção anfitriã daquele Mundial, o Brasil soube aproveitar a fragilidade defensiva do time da casa, que deixou brechas na defesa ao buscar o ataque insistentemente.

Oscar abriu o marcador logo aos 10 minutos de partida, com um toque de primeira por cima do goleiro após receber lançamento em profundidade de Hulk.

Sobrando espaço para contra-atacar em velocidade, a seleção teve chance clara de ampliar aos 29 minutos, numa arrancada individual de Neymar. O atacante do Barcelona também tentou encobrir o goleiro com um toque de categoria, mas Williams conseguiu desviar para escanteio.

Novamente sem ser marcado de perto pela defesa sul-africana, Neymar ampliou para o Brasil aos 40 minutos, num chute rasteiro da entrada da área. O atacante ficou um mês afastado dos gramados este ano após sofrer uma lesão em janeiro.

GOLAÇO DE FERNANDINHO

Na segunda etapa, a seleção voltou não só com três alterações, mas também de uniforme novo: saiu o verde-amarelo e entrou o todo azul. Os dois uniformes, utilizados pela primeira vez neste jogo, serão usados pela seleção na Copa do Mundo. Em campo, entraram Ramires, Willian e Luiz Gustavo nos lugares de Oscar, Hulk e Paulinho.

Com menos de 30 segundos Neymar marcou outra vez, agora de cobertura, após um bom passe de primeira de Fred por trás da defesa. Dai em diante a seleção administrou a partida, sem forçar nenhum jogador desnecessariamente a menos de 100 dias do Mundial. Mesmo assim, balançou as redes mais duas vezes.

Jogando um pouco mais adiantado do que no primeiro tempo, o volante do Manchester City Fernandinho acertou um chute forte de fora da área que aumenta suas chances de conseguir uma vaga na Copa. Neymar fechou a goleada aos 45 minutos.

Outro teste realizado por Felipão foi colocar o lateral-direito titular Daniel Alves na lateral-esquerda no lugar de Marcelo, deixando Rafinha em campo até o final. Também entraram em campo Dante (no lugar de David Luiz) e Jô na vaga de Fred, que passou em branco no primeiro jogo pela seleção brasileira desde agosto de 2013, após uma série de contusões.

O goleiro Julio Cesar, titular apesar do longo período de inatividade vivido no Queens Park Rangers antes de trocar o time inglês pelo Toronto FC no mês passado, apareceu com confiança quando acionado, principalmente nos chutes de fora da área do time africano.

Depois da convocação para a Copa, a seleção vai se apresentar no fim de maio na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), para iniciar os preparativos para a Copa.

A seleção vai disputar dois amistosos antes da estreia no Mundial em 12 de junho, contra o Panamá, em Goiânia, no dia 3 de junho, e contra a Sérvia, no dia 6 de junho, em São Paulo.

Os dois adversários foram escolhidos por jogarem de forma semelhante a dois rivais do Brasil na primeira fase da Copa: México e Croácia. Além desses, a seleção brasileira vai enfrentar Camarões no Grupo A.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below