9 de Março de 2014 / às 18:54 / em 4 anos

FUTEBOL-Asamoah mantém campanha perfeita da Juventus na Itália

9 Mar (Reuters) - Um chute estupendo de Kwadwo Asamoah no primeiro tempo deu a vitória por 1 x 0 à líder Juventus contra a quarto colocada Fiorentina e manteve os 100 por cento de aproveitamento do time em casa, pelo Campeonato Italiano, neste domingo.

Juventus, rumo ao seu terceiro título consecutivo, dominou o jogo e chegou a 14 vitórias seguidas em casa, apesar de ter se assustado quando Ryder Matos, da Fiorentina, acertou o travessão com uma cabeçada, a dez minutos do fim.

A crise do Lazio ficou mais profunda depois da derrota por 1 x 0, em casa, para o Atalanta, em um Estádio Olímpico quase vazio, pois os fãs protestam contra o presidente do clube Claudio Lotito.

Maxi Moralez causou problemas quando pegou um rebote para marcar, aos 15 do segundo tempo, e os anfitriões ainda tiveram o meia Antonio Candreva expulso, quatro minutos depois, quando ele recebeu o segundo cartão amarelo por simulação.

Uma cabeçada estranha de Rodrigo Palacio assegurou a vitória por 1 x 0 para a Inter de Milão, em casa, contra o Torino, em uma recuperação da equipe depois da crise no meio da temporada.

O argentinou pareceu tentar cabecear para trás, atravessando as traves, mas acabou encobrindo o goleiro Daniele Padelli e estendendo a invencibilidade da Inter para cinco jogos.

Sampdoria marcou quatro gols no segundo tempo para superar o Livorno por 4 x 2, depois que Ibrahima Mbaye fez dois no primeiro tempo para o clube que briga contra o rebaixamento.

Nenad Kristicic, um gol contra de Federico Ceccherini, Stefano Okaka e Manolo Gabbiadini responderam para Sampdoria, que melhorou bastante sob o comando do ex-técnico da Sérvia, Sinisa Mihajlovic.

Alberto Paloschi converteu dois pênaltis, o primeiro depois de cinco minutos, e o segundo nos acréscimos, para que o Chievo vencesse por 2 x 1 o Genoa, que achou que sairia com o empate quando Alberto Gilardino empatou, aos 43 minutos do segundo tempo.

O Parma venceu o Verona por 2 x 0, enquanto o Sassuolo celebrou o retorno do treinador Eusebio di Francesco com um empate por 0 x 0, em Bologna, para encerrar uma sequência de sete derrotas.

Di Francesco foi demitido no final de janeiro, mas voltou na semana passada depois que o seu substituto, Alberto Malesani, perdeu todos os cinco jogos que comandou.

Juventus tem 72 pontos em 27 jogos, 14 a mais que a segundo colocada Roma, que joga fora de casa contra o Napoli, em terceiro lugar, ainda neste domingo.

Fiorentina tem 45 pontos, um a mais que a Inter, com o Parma mais um ponto atrás, em sexto. Na parte inferior, Chievo (24 pontos) e Bologna (23) estão fora da zona de rebaixamento, ocupada por Livorno (21), Chievo (20) e Sassuolo (18).

ATAQUES INCANSÁVEIS

Juventus atacou incansavelmente no primeiro tempo e quase abriu o placar quando o goleiro Neto, da Fiorentina, precisou fazer uma defesa de reflexo para defender o chute desviado de Asamoah.

Asamoah estava aberto pelo lado do campo, Paul Pogba voleou de uma boa posição e Juan Manuel Vargas cortou em cima da linha, com a Juventus persistindo no ataque.

Ela finalmente ficou à frente aos 42 minutos, quando Asamoah invadiu a área do Fiorentina e, apesar de estar cercado por quatro defensores, achou espaço ao puxar a bola para trás e chutou com a perna direita, no ângulo.

“O treinador sempre me diz para cortar e tentar chutar no ângulo”, disse o ganês à Sky Sport Italia. “É a primeira vez que acerto com o meu pé direito e estou muito feliz”.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below