19 de Abril de 2014 / às 14:12 / em 4 anos

Hamilton larga na pole no GP da China; Massa é 6º

Por Abhishek Takle

XANGAI, 19 Abr (Reuters) - Lewis Hamilton irá largar na pole position no Grande Prêmio da China de domingo depois de fazer uma volta rápida sob condições arriscadas, mantendo o domínio da Mercedes no grid de largada.

Mesmo sob chuva, o melhor tempo do britânico foi de 1 minuto e 53,860 segundos, 0,595 segundo mais rápido que a Red Bull do australiano Daniel Ricciardo, que sairá a seu lado na primeira fila.

“É muito escorregadio aqui, tentar encontrar a aderência, não cometer erros na sua volta”, disse Hamilton, que busca sua terceira vitória consecutiva. “Foi uma sessão difícil. Gostei muito. O carro estava ótimo. Espero que continuemos assim amanhã”.

Foi a terceira pole de Hamilton em quatro corridas nesta temporada e a 34ª de sua carreira na Fórmula 1, resultado com o qual o piloto de 29 anos superou o recorde britânico do falecido Jim Clark, que ele já havia igualado um mês atrás na Malásia.

Agora ele é o quarto na lista de pilotos com mais pole positions, encabeçada por Michael Schumacher com 68.

O tetracampeão Sebastian Vettel, da Red Bull, foi o terceiro mais rápido, mas mais de um segundo mais lento que Hamilton, e foi superado por seu companheiro de equipe, Ricciardo, pela terceira vez em quatro provas.

Nico Rosberg, líder do campeonato que largou na pole no GP do Barein, completou a segunda fileira com sua Mercedes depois de perder o traçado em sua segunda volta e girar o carro na última.

“Estava lutando com os freios, e por isso fui tão mal no último setor. Estava realmente difícil frear, foi uma pena”, disse Rosberg.

“Eu estava me esforçando um pouco demais, mas no final fui mais lento na última volta de qualquer maneira. Tive que dar tudo na última curva e ver se por alguma mágica conseguia recuperar um pouco de tempo, e não deu muito certo”.

“Não mudou muita coisa. No fim das contas, simplesmente não fui rápido o suficiente no geral”.

Ricciardo, cuja equipe perdeu apelo no início da semana depois de sua eliminação do segundo lugar na Austrália, recuperou-se e a Red Bull obteve sua melhor dobradinha no grid em uma temporada difícil até o momento.

O australiano, impressionante desde que saiu da Toro Rosso no final do ano passado, conseguiu recuperar algum tempo no trecho final da bateria classificatória depois de ficar atrás do alemão nas duas primeiras sessões.

Fernando Alonso, da Ferrari, vencedor na China no ano passado, classificou-se em quinto. O novo chefe de equipe, Marco Mattiacci, observou tudo dos boxes depois de assistir ao treino da garagem na sexta-feira.

“Alguns dos passos que demos aqui parecem confirmar um resultado positivo, então andamos um pouco na direção certa. Sabemos que não basta, mas é o primeiro passo”, disse Alonso.

“Sabemos que a Mercedes provavelmente está fora de alcance na pista seca, mas com sorte não estaremos tão longe das Red Bull. Não sei se podemos ir mais rápido que eles ou não, mas espero não ficarmos 30 segundos atrás deles de novo”.

Entretanto, foi um dia de sorte variada para a glamurosa escuderia. Kimi Raikkonen lutou para manter a aderência durante toda a sessão e não ficou entre os dez melhores.

O brasileiro Felipe Massa se classificou em sexto com sua Williams, seu colega Valtteri Bottas ficou em sétimo e ambos esperam melhorar as posições na corrida.

Nico Hulkenberg, da Force India, larga na oitava colocação, com a Toro Rosso do francês Jean-Eric Vergne ao seu lado, e o compatriota deste, Romain Grosjean, na décima vaga, a melhor classificação da Lotus na temporada até agora.

O venezuelano Pastor Maldonado, colega de Grosjean, não participou da etapa classificatória devido a problemas relacionados com o módulo de energia da Renault. Ele teria que cumprir uma punição de cinco posições por causar uma colisão no Barein.

Nenhum piloto da McLaren chegou à fase final de classificação - Jenson Button ficou em 12º e o novato Kevin Magnussen em 15º.

“Não sabia o que esperar, na verdade. Está sendo um ano estranho para o carro em pista úmida. Normalmente somos muito bons na chuva, mas agora estamos penando com a aderência aqui”, comentou Button.

“É duro nessas condições. Realmente espero que não chova amanhã”.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below