7 de Maio de 2014 / às 16:33 / em 4 anos

Felipão convoca time para Copa sem surpresas

Por Pedro Fonseca

O técnico Luiz Felipe Scolari anuncia os 23 convocados do Brasil para a Copa do Mundo nesta quarta-feira no Rio de Janeiro. REUTERS/Sergio Moraes

RIO DE JANEIRO, 7 Mai (Reuters) - O técnico Luiz Felipe Scolari anunciou nesta quarta-feira os nomes dos 23 jogadores que vão representar o Brasil na Copa do Mundo deste ano sem surpresas, e manteve a base da jovem equipe que conquistou a Copa das Confederações.

Assim como no torneio preparatório do ano passado, Neymar é o principal jogador da equipe, que também terá novamente nomes como Fred, Thiago Silva, Oscar e Julio Cesar.

“A partir da escolha e a partir da divulgação desses nomes ao nosso país, (gostaria de) pedir, solicitar, aos nossos torcedores que, mesmo que discordem de A, B ou C, isso é democrático e normal, que os convocados aqui sejam muito bem recebidos, bem tratados, da forma que sempre fomos muito bem tratados nos jogos do Brasil”, disse Felipão em evento realizado num teatro do Rio de Janeiro, diante de mais de 800 jornalistas.

Entre as dúvidas existentes antes da convocação, o treinador optou por Victor como terceiro goleiro, Henrique na zaga, Maicon como lateral-direito e Hernanes no meio-campo.

“Onde nós tivemos olhares finais e tivemos ontem uma série de detalhes sendo observados pela comissão técnica foi a última definição para a zaga, foi aí que nós tivemos as nossas discussões, e decidimos pela convocação do quarto jogador dessa posição, que no caso foi o Henrique”, afirmou o treinador, que escolheu o jogador do Napoli em detrimento a nomes como Miranda (Atlético de Madri), Réver (Atlético-MG) e Dedé (Cruzeiro).

Entre os 23 convocados pelo técnico, 16 jogadores também participaram da Copa das Confederações de 2013, competição em que o Brasil sagrou-se campeão com cinco vitórias em cinco jogos, incluindo um 3 x 0 sobre a Espanha na final no Maracanã.

Além de Victor, Henrique e Maicon, também ganharam vaga no time o lateral-esquerdo Maxwell e os meio-campistas Ramires, Fernandinho e Willian. Todos eles foram testados pelo treinador nos amistosos realizados pela equipe no ano passado e neste ano. Willian, por exemplo, foi escolhido para o lugar de Lucas, ex-São Paulo e atualmente no PSG.

A lista do treinador confirma um fato raro nas participações do Brasil em Mundiais: os jogadores da defesa, formados na Europa, são quase unanimidade entre a torcida.

O meio-campo e o ataque do time titular também estão praticamente fechados desde o ano passado, o que foi exaltado pelo treinador como um ponto forte da seleção, inclusive por criar uma identificação maior com os torcedores.

“Todo mundo no Brasil tem mais ou menos 9 ou 10 jogadores que sabe que são esses os que o Felipão escolhe como titulares da seleção brasileira. Essa base, possivelmente 90 por cento dela, será mantida para o início da competição”, disse.

Em sua segunda convocação da seleção brasileira para uma Copa do Mundo, Felipão disse ter passado por momentos bem mais tranquilos dessa vez do que às vésperas do anúncio de 2002, quando montou o time que conquistou o penta.

Há 12 anos havia grande pressão sobre o treinador para chamar o atacante Romário, o que levou o técnico a mudar de hotel na noite anterior ao anúncio da lista também no Rio.

“Foi relativamente mais fácil”, disse Felipão, que foi duramente criticado pela ausência do “Baixinho” naquele time, mas calou a todos ao voltar para casa com o título mundial. “Ontem inclusive caminhei na praia. Pode haver uma ou outra divergência, mas não com o mesmo clamor daquela oportunidade.”

Os jogadores da seleção brasileira vão se apresentar no dia 26 de maio para iniciar a preparação para a Copa do Mundo na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), onde ficarão concentrados para a disputa da competição.

O time fará dois amistosos antes da estreia na Copa, contra o Panamá, no dia 3, em Goiânia, e diante da Sérvia, no dia 6, em São Paulo. Os rivais foram escolhidos por se assemelharem a dois rivais do Brasil no Mundial, Croácia e México.

O Mundial em casa representa uma oportunidade para o Brasil apagar a lembrança amarga da derrota para o Uruguai na final da Copa de 1950, a única outra vez que o país sediou o Mundial.

A seleção brasileira estreia na Copa do Mundo em 12 de junho, contra a Croácia, em São Paulo, e depois enfrentará México e Camarões, nos dias 17 e 23 do mês que vem, em Fortaleza e Brasília.

Veja a lista de convocados:

Goleiros: Julio Cesar (Toronto FC), Jefferson (Botafogo) e Victor (Atlético-MG)

Laterais: Daniel Alves (Barcelona), Maicon (Roma), Marcelo (Real Madrid) e Maxwell (Paris St. Germain)

Zagueiros: Thiago Silva (Paris St. Germain), David Luiz (Chelsea), Dante (Bayern de Munique) e Henrique (Napoli)

Meio-campistas: Luiz Gustavo (Wolfsburg), Paulinho (Tottenham), Oscar (Chelsea), Willian (Chelsea), Ramires (Chelsea), Fernandinho (Manchester City) e Hernanes (Inter de Milão)

Atacantes: Neymar (Barcelona), Fred (Fluminense), Jô (Atlético Mineiro), Bernard (Shakhtar Donetsk) e Hulk (Zenit)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below