8 de Maio de 2014 / às 15:58 / em 4 anos

SAIBA MAIS-Conheça a seleção da Costa do Marfim

8 Mai (Reuters) - Veja abaixo informações sobre a seleção da Costa do Marfim, uma das 32 equipes que vão disputar a Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

Desempenho e prognósticos

Didier Drogba, o jogador mais famoso da África, vai ter o seu canto do cisne na Copa do Mundo do Brasil, onde ele e seus companheiros vão tentar dispersar o rótulo de “surpresa”. Os marfinenses entraram sob pressão nas últimas cinco edições da Copa Africana de Nações, das quais eram os favoritos ou ao menos um deles.

Eles também não conseguiram passar da primeira fase nas últimas duas Copas do Mundo, depois de terem caído em grupos difíceis em 2006 e 2010. Desta vez enfrentarão Colômbia, Grécia e Japão pelo Grupo C.

Para Drogba, 36 anos, chegando perto de 100 partidas, e outros jogadores do time é a última chance de se destacar pela seleção após carreiras de prestígio pelos clubes.

Yaya Touré e seu irmão mais velho Kolo, Didier Zokora e Gervinho, todos fizeram sucesso na Europa, mas coletivamente falharam pela seleção.

Os marfinenses ficaram muito próximos de vencer o título africano, mas perderam duas vezes a decisão nos pênaltis. Essa é a última chance para muitos membros da equipe e eles vão estar determinados para mostrar que são a melhor seleção do continente.

Técnico: Sabri Lamouchi

Por não ter nenhuma experiência como treinador antes de assumir a Costa do Marfim, em maio de 2012, a contratação de Lamouchi para o lugar de Francis Zahoui, demitido após a final da Copa Africana de Nações na Guiné Equatorial e no Gabão, meses antes, foi uma surpresa.

Ele ficou invicto nos primeiros 11 jogos, mas os favoritos sucumbiram mais uma vez na Copa Africana, desta vez nas quartas de final, contra a África do Sul.

Apesar de ter conseguido a vaga na Copa do Mundo, o treinador de 42 anos ainda precisa conquistar os torcedores. Lamouchi, filho de pais tunisianos, é um ex-jogador da seleção francesa que jogou a Eurocopa de 1996 e atuou por Mônaco, Paris Saint Germain, Parma e Inter de Milão.

Jogador chave: Yaya Touré

Melhor jogador africano de 2011, 2012 e 2013, Touré é uma presença física notável no meio-campo da seleção e do seu clube. o Manchester City.

Touré teve uma carreira nômade, atuando por clubes em sete países diferentes, antes de sua transferência para a Inglaterra depois da Copa do Mundo de 2010, mas vem sendo uma presença constante para a seleção do seu país.

Veteranos como Drogba e Zokora estão próximos da aposentadoria, então Touré está cada vez mais assumindo responsabilidades de líder.

Histórico em Copas: 2 participações (2006 e 2010)

Melhor campanha: Nunca passou da primeira fase

Por Mark Gleeson

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below