8 de Maio de 2014 / às 17:23 / em 4 anos

SAIBA MAIS-Conheça a seleção da Argélia

8 Mai (Reuters) - Veja abaixo informações sobre a seleção da Argélia, uma das 32 equipes que vão disputar a Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

Desempenho e prognósticos

A Argélia vai competir em sua segunda Copa do Mundo consecutiva, simbolizando as esperanças do mundo de língua árabe como única seleção do norte da África e do Oriente Médio presente no Mundial do Brasil.

Seu triunfo sobre Burkina Faso em um playoff tenso que terminou empatado por 3 x 3, graças à regra de gols fora de casa, trouxe um final feliz a um ano de 2013 que começou mal.

O time ficou em segundo no ranking africano no final de 2012, mas foi a primeira equipe eliminada na Copa Africana de Nações em janeiro na África do Sul.

A Argélia passou muitos anos lutando para concretizar o potencial de uma seleção formada majoritariamente por jogadores oriundos da grande população argelina na França.

Nomes como Zinedine Zidane, Karim Benzema e Samir Nasri podem ter escapado do funil, mas a Argélia tem cortejado incansavelmente muitos jogares de ascendência argelina nascidos na França.

Os dois novos talentos a se comprometerem com a nação são o atacante Ishak Belfodil e o meio-campista Saphir Taider.

As expectativas serão maiores no Brasil do que na África do Sul, em 2010, quando a Argélia terminou como lanterna de seu grupo, mas tendo conseguido um empate sem gols com a Inglaterra.

A classificação pôs fim a uma longa crise para um país que atuou em uma Copa pela primeira vez em 1982 e fez história derrotando por 2 x 1 a Alemanha Ocidental, então campeã europeia incontestável.

Técnico: Vahid Halilhodzic

Halilhodzic, de 61 anos, treinou a Costa do Marfim e a classificou para o Mundial de 2010, mas foi demitido poucos meses antes do torneio depois que o combinado fracassou na Copa Africana de Nações, em Angola, e foi substituído por Sven Goran Eriksson.

Jogador-chave: Sofiane Feghouli

Nascido na França, o meio-campista Sofiane Feghouli se transformou rapidamente no pulso do time argelino desde sua estreia no início de 2012.

Desde então, ele marcou cinco gols em jogos internacionais, nenhum mais importante do que o gol de classe na derrota de 3 x 2 para Burkina Faso na partida de ida do playoff da última fase das eliminatórias africanas, que garantiu a vaga para a Argélia nos critérios de desempate.

Histórico em Copas do Mundo

Participações anteriores: 3 (1982, 1986, 2010)

Melhor desempenho: nunca passou da fase de grupos

Por Mark Gleeson

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below