September 11, 2014 / 10:20 AM / 3 years ago

Kerry pressionará países árabes a apoiar campanha contra Estado Islâmico

JIDÁ (Reuters) - O secretário de Estado dos Estados Unidos (EUA), John Kerry, vai pressionar os líderes árabes nesta quinta-feira para que apoiem os planos do presidente Barack Obama de uma nova campanha militar contra os militantes do grupo Estado Islâmico, incluindo ajuda com maiores direitos de sobrevoo por parte de aviões militares dos EUA.

Autoridades norte-americanas lançaram a campanha contra o Estado islâmico como uma luta global contra os radicais islâmicos e a ameaça que eles representam, não só para a Síria e o Iraque, especialmente por atraírem combatentes estrangeiros vindos de quase todos os pontos do planeta.

Embora os EUA não tenham identificado ameaças específicas dentro dos Estados Unidos, as autoridades norte-americanas dizem acreditar que seus combatentes poderiam retornar aos países de origem e realizar ataques.

Num esboço do que Kerry iria buscar com os parceiros regionais em uma reunião de potências árabes e a Turquia em Jidá, um alto funcionário do Departamento de Estado disse: “Podemos precisar reforçar bases e sobrevoos ... haverá em breve uma reunião dos ministros da Defesa para avaliar esses detalhes”.

Por Jason Szep

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below