November 2, 2014 / 4:17 PM / 3 years ago

Ataque suicida deixa ao menos 45 mortos na fronteira Índia-Paquistão

LAHORE (Reuters) - Ao menos 45 pessoas morreram neste domingo após a explosão de um homem-bomba na fronteira entre Índia e Paquistão, disse a polícia, logo depois de uma cerimônia diária na qual as tropas de ambos os lados baixam as bandeiras dos dois países.

Centenas de pessoas visitavam a fronteira de Wagah perto da cidade paquistanesa de Lahore para observar as bandeiras dos dois países serem baixadas pouco antes do pôr-do-sol.

Não houve reivindicação imediata do ataque, que ocorreu no lado paquistanês da fronteira.

“O número de mortos subiu para 45”, disse à Reuters o chefe da polícia provinciana na cidade paquistanesa de Lahore. Autoridades mais cedo disseram que havia 37 mortos.

A polícia do Paquistão disse que estava investigando o ataque e um médico declarou que havia mais de 70 feridos.

“De acordo com informações iniciais, foi um ataque suicida”, disse o inspetor geral da polícia de Punjab, Mushtaq Sukhera, a emissoras locais.

Índia e Paquistão já estiveram envolvidos em três guerras e permanecem em conflito pela região da Cashemira, reivindicada pelos dois lados.

A Índia acusa o Paquistão de patrocinar grupos jihadistas na região e encorajar incursões em território indiano para realizar ataques contra forças indianas, uma acusação negada pelo Paquistão.

Por Mubasher Bukhari

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below