December 17, 2014 / 10:04 AM / 3 years ago

União Europeia vai reforçar sanções contra Crimeia antes de reunião de líderes

BRUXELAS (Reuters) - A União Europeia concordou em ampliar as proibições a investimentos na Crimeia, que têm como alvo a exploração de gás e petróleo russa no mar Negro, e vai adotar as medidas antes do início da reunião de líderes do bloco no fim da semana, afirmaram nesta quarta-feira três autoridades europeias.

Homem caminha em frente a uma placa em russa na qual se lê "O que virá depois? Ao menos as pedras vêm do céu! Estamos em casa!", no porto de Sebastopol, na Crimeia anexada pela Rússia. 29/11/2014. REUTERS/Pavel Rebrov

Como fora informado com exclusividade pela Reuters no dia 10 de dezembro, as sanções também vão proibir a compra ou financiamento de empresas na Crimeia por parte de cidadãos europeus. A região da Ucrânia foi anexada em março pela Rússia.

Reportagem de Robin Emmott e Adrian Croft

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below