December 17, 2014 / 2:37 PM / 3 years ago

Cuba liberta norte-americano Gross após cinco anos de prisão

WASHINGTON (Reuters) - Cuba libertou o trabalhador de ajuda humanitária norte-americano Alan Gross após cinco anos de prisão, disse uma autoridade dos Estados Unidos nesta quarta-feira.

Norte-americano Alan Gross (à direita) posa para foto no Hospital Militar Carlos J Finlay, em Havana, em 28 de setembro de 2012. REUTERS/Handout

Gross, um funcionário da Agência dos EUA para o Desenvolvimento Internacional (Usaid, na sigla em inglês) agora com 65 anos, foi preso em Cuba em 3 de dezembro de 2009, e depois condenado a 15 anos de prisão por importar tecnologia proibida e tentar estabelecer um serviço clandestino de Internet para judeus cubanos.

A rede ABC News disse anteriormente que Gross foi libertado em uma troca humanitária de prisioneiros.

Tradução Redação Rio de Janeiro; 55 21 2223 7141 REUTERS FP CB

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below