January 19, 2015 / 9:18 AM / 4 years ago

UE vai contestar decisão de que Hamas deve ser removido de lista de terrorismo

Palestinos apoiadores do Hamas participam de marcha para celebrar 27 anos da fundação do movimento, na Faixa de Gaza. 12/12/2014 REUTERS/Mohammed Salem

BRUXELAS (Reuters) - A União Europeia entrará com um apelo contra a decisão judicial de que o grupo islamita palestino Hamas deve ser removido da lista de terroristas compilada pelo bloco, disse na segunda-feira uma autoridade da UE.

“O Conselho (da UE) decidiu apelar à Justiça para que o Hamas permaneça na lista de terroristas da UE”, disse a porta-voz da UE Susanne Kiefer no Twitter.

Uma corte da UE decidiu no mês passado que o Hamas deveria ser removido da lista de terroristas, afirmando que a decisão com essa determinação fora baseada em notícias da mídia e que não foram consideradas análises de autoridades competentes.

Reportagem de Adrian Croft

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below