January 27, 2015 / 12:52 PM / 3 years ago

Parlamento da Ucrânia considera Rússia um "Estado agressor" e pede mais ajuda e sanções

KIEV (Reuters) - O Parlamento da Ucrânia aprovou nesta terça-feira uma declaração que define a Rússia como um “Estado agressor”, que deputados disseram que pode abrir caminho para consequências sob a legislação internacional, e pediu por mais ajuda internacional e sanções mais duras contra Moscou.

“O reconhecimento legal como um Estado agressor acarreta em consequências previstas sob a resolução da ONU de 1974 e a Carta da ONU”, disse o líder do Partido Radical, Oleh Lyashko, membro da coalizão governista, antes da votação.

O Parlamento também votou a favor de definir as autoproclamadas “Repúblicas” no leste da Ucrânia como “organizações terroristas”.

Reportagem de Natalia Zinets

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below