January 28, 2015 / 9:24 AM / in 4 years

EUA vão trabalhar com aliados para "aumentar pressão na Rússia"

KIEV (Reuters) - Os Estados Unidos assinaram um acordo, nesta quarta-feira, para fornecer 2 bilhões de dólares em garantias de empréstimo à Ucrânia para ajudar o país atingido por um conflito interno com “gastos sociais de curto prazo” em 2015, e disseram estar preparados para aumentar as sanções à Rússia, se for necessário.

Após assinar os acordos com a ministra das Finanças ucraniana, Natalia Yaresko, o secretário do Tesouro dos EUA, Jack Lew, fez referência ao apoio russo aos separatistas do leste da Ucrânia, que levou os Estados Unidos e a União Europeia a impor sanções contra Moscou.

Dizendo que os Estados Unidos se opõe à “agressão russa”, Lew afirmou: “Continuamos preparados a fazer mais (nas sanções) se necessário. Para esse fim, vamos continuar trabalhando com nossos aliados para aumentar a pressão sobre a Rússia”.

Reportagem de Alessandra Prentice

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below