February 11, 2015 / 10:15 AM / 4 years ago

Cerca de 300 imigrantes provavelmente morreram no mar nos últimos dias, diz ONU

ROMA (Reuters) - Cerca de 300 pessoas provavelmente morreram após tentarem chegar à Itália pela Líbia em três botes infláveis, informou a agência de refugiados da Organização das Nações Unidas nesta quarta-feira, após conversas com sobreviventes resgatados pela guarda costeira italiana nos últimos dias.

Embarcações da guarda costeira italiana em foto de arquivo. 03/10/2014 REUTERS/Darrin Zammit Lupi

Três botes, cada um levando cerca de 100 pessoas, estão desaparecidos, de acordo com sobreviventes de duas das embarcações na ilha italiana de Lampedusa, disse a porta-voz da agência de refugiados da ONU Barbara Molinario em entrevista à Reuters.

As três embarcações saíram juntas da Líbia com outra que foi resgatada pela guarda costeira com 105 pessoas, no domingo, em condições extremas no mar e a temperatura abaixo de zero. Vinte e nove pessoas da embarcação morreram de hipotermia nas 18 horas que a guarda costeira levou para transportá-los para a Itália.

Reportagem de Steve Scherer

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below