5 de Março de 2015 / às 11:24 / em 3 anos

China vai elevar gastos de defesa em 10,1% este ano com investimento em tecnologia

PEQUIM (Reuters) - A China vai elevar seus gastos militares em 10,1 por cento este ano para 886,9 bilhões de iunaes (141,45 bilhões de dólares), conforme amplia o investimento em sistemas bélicos de alta tecnologia, anunciou o governo nesta quinta-feira.

Caça da Força Aérea chinesa em Zhuhai. 11/11/2014 REUTERS/Alex Lee

O aumento de gastos, que ficará acima do ritmo de crescimento de um dígito do PIB chinês, mantém uma sequência quase não interrompida de duas décadas de alta de dois dígitos no orçamento de defesa.

Os vários anos de gastos robustos levaram a um fortalecimento militar que desperta temores pela região, especialmente à medida que a China tem adotado uma linha firme em disputas territoriais nos mares do Leste e do Sul da China.

“Vamos fortalecer de forma abrangente logísticas modernas, intensificar a pesquisa de defesa nacional e o desenvolvimento de armas e equipamentos de alta tecnologia, e desenvolver indústrias de ciência e tecnologia ligadas à defesa”, disse o primeiro-ministro Li Keqiang em um relatório anual ao Parlamento da China, o Congresso Nacional do Povo.

No ano passado, o orçamento de defesa subiu 12,2 por cento, para 130 bilhões de dólares, perdendo apenas para o orçamento militar de 534 bilhões de dólares dos Estados Unidos.

Reportagem de Megha Rajagopalan e Sui-Lee Wee

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below