March 28, 2015 / 2:23 PM / 3 years ago

Nigerianos votam em primeira eleição genuína desde fim da ditadura

ABUJA (Reuters) - Nigerianos foram às urnas neste sábado para a primeira votação eleitoral genuína desde o final do regime militar em 1999, na qual um candidato da oposição tem chances de retirar do poder o incumbente presidente Goodluck Jonathan.

A tensa disputa coloca Jonathan contra o ex-governante militar Muhammadu Buhari, com um eleitorado dividido ao longo de uma mistura complexa de linhas étnicas, regionais e, em alguns casos, religiosas.

Doze outros candidatos minoritários também estão concorrendo.

As urnas estavam marcadas para abrir para o credenciamento em 120 mil estações de voto às 8 horas da manhã no horário local, com a votação começando a partir das 13h30 e continuando até a última pessoa ter votado. Com 56,7 milhões de eleitores, a votação pode terminar no domingo.

Problemas emergiram com a falha de scanners no reconhecimento de alguns cartões e digitais em todo o país, incluindo as de Jonathan, que esperou mais de 40 minutos enquanto as autoridades tentavam, sem sucesso, fazer quatro máquinas funcionarem.

“Meu próprio (cartão) e o da minha esposa, tivemos alguns problemas mas eles estão resolvendo”, disse ele a jornalistas.

Cartões de leitura biométricos foram introduzidos para prevenir o enchimento de urnas e a votação múltipla de eleições passadas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below