April 25, 2015 / 5:08 PM / 4 years ago

Terremoto no Nepal mata mais de 1 mil e provoca avalanche no Everest

KATHMANDU (Reuters) - Um forte terremoto atingiu o Nepal e criou tremores no norte da Índia neste sábado, deixando mais de 1,1 mil mortos, derrubando uma histórica torre do século 19 na capital Kathmandu e gerando uma avalanche no monte Everest.

Templo destruído na praça Bashantapur Durbar após terremoto em Kathmandu

Houve informações de devastação nas áreas montanhosas isoladas após o terremoto de magnitude 7,9, o pior em 81 anos, com seu epicentro a 80 km da segunda maior cidade do Nepal, Pokhara.

Um colapso nas comunicações dificultava os esforços de ajuda, levantando temores de desastre humanitário no pobre país do Himalaia com 28 milhões de habitantes.

O governo recorreu à ajuda internacional. A Índia foi a primeira a responder ao enviar aeronaves militares com equipamentos médicos e equipes de resgate.

Um oficial da polícia disse que o número de mortos no Nepal atingiu 1.170, mais da metade deles no Vale de Kathmandu. Outras 36 mortes foram registradas no norte da Índia, 12 no Tibet chinês e quatro em Bangladesh.

O terremoto foi superficial em termos de profundidade, o que intensificou sua força destrutiva.

O turista indiano Devyani Pant estava em uma cafeteria de Kathmandu com amigos quando “de repente as mesas começaram a tremer e os quadros caíram das paredes”.

“Eu gritei e corri para fora”, disse à Reuters por telefone da capital, onde ao menos 181 pessoas morreram.

“Estamos agora recolhendo os corpos e levando os feridos para a ambulância. Estamos sendo forçados a colocar os corpos um em cima do outro para que caibam.”

Uma autoridade turística disse que ao menos 18 pessoas morreram quando uma avalanche desencadeada pelo terremoto atingiu o acompamento-base de montanhistas no Everest, mais alta montanha do mundo.

A estimativa é de que cerca de 300 mil turistas estrangeiros estejam no Nepal para a temporada de alpinismo, e autoridades recebiam ligações de amigos e familiares preocupados.

Localizado entre Índia e China, e popular entre turistas aventureiros, o Nepal já registrou uma série de desastres naturais. O pior terremoto de sua história ocorreu em 1934 e matou mais de 8,5 mil pessoas.

A histórica torre Dharara colapsou em Kathmandu quando o terremoto ocorreu, logo depois do meio-dia local. Um policial disse que mais de 200 pessoas ficaram presas na estrutura.

Construída em 1832 para a rainha do Nepal, a torre tinha mais de 60 metros de altura e estava aberta a visitantes nos últimos dez anos e tinha um terraço para apreciar a vista. Muitos corpos foram encontrados nas ruínas da construção.

Kathmandu abriga diversos templos hindus. Fotografias publicadas na Internet mostravam edifícios reduzidos a poeira, com grandes rachaduras nas rodovias e moradores sentados nas ruas segurando bebês.

Por Gopal Sharma e Ross Adkin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below