May 2, 2015 / 1:37 PM / 3 years ago

Irã promete proteger interesses de segurança comuns com o Iêmen

DUBAI (Reuters) - O vice-ministro do exterior do Irã disse que Teerã não vai deixar que potências regionais coloquem em perigo os interesses de segurança no Iêmen, divulgou a agência de notícias Tasnim, no reconhecimento mais forte até agora do envolvimento iraniano, na península árabe.

O Irã tem negado as acusações de países do Ocidente e árabes de que está armando os rebeldes muçulmanos Houthi xiitas no Iêmen. Mas tem constantemente condenado uma campanha aérea contra os insurgentes, liderada pelos sauditas.

“Outros não serão autorizados a colocar a nossa segurança compartilhada em risco, com aventuras militares”, disse Hossein Amir Abdollahian, de acordo com a agência de noticias iraniana, Tasnim, em um artigo publicado no sábado.

A Arábia Saudita, que se vê como a guardiã do Islã Sucinta, disputa com o Irã, o poder na principal potência muçulmana xiita da região.

A coalizão liderada pela Arábia Saudita vem realizando ataques aéreos no Iêmen, desde o final de março, contra os Houthi e seus aliados, cujos avanços rápidos forçaram o presidente do Iêmen Abd-Rabbu Mansour Hadi e seu governo a se exilarem em Riyadh.

O Irã não reconhece Hadi e considerou os ataques aéreos como uma intervenção nos assuntos internos do Iêmen.

No início da semana, a Arábia Saudita disse que jatos da coalizão destruíram a pista do aeroporto de Sanaa, no Iêmen, para impedir que um avião de carga iraniano aterrissasse lá.

Por Sam Wilkin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below