May 12, 2015 / 10:29 AM / 3 years ago

Kerry vai explorar a flexibilidade de Putin sobre Ucrânia e Síria

Por Arshad Mohammed e Denis Dyomkin

SOCHI, Rússia (Reuters) - O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, espera explorar a vontade russa de conter seu envolvimento na Ucrânia e seu apoio ao presidente sírio, Bashar al-Assad, em conversas nesta terça-feira com o presidente da Rússia, Vladimir Putin.

Com as relações entre Rússia e Estados Unidos em seu pior nível desde a Guerra Fria, a viagem de Kerry para discutir questões que incluem as conversas sobre o programa nuclear do Irã, o Iêmen e a Líbia parece ser apenas para manter contato. Kerry também deve encontrar o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, em Sochi.

“É importante para nós manter as linhas de comunicação abertas. É importante tentar conversar com quem decide”, disse uma autoridade sênior do Departamento de Estado norte-americano.

“Temos muitos negócios que podemos fazer juntos, caso haja interesse”, disse a autoridade, que falou sob condição de anonimato.

O porta-voz de Putin, Dmitry Peskov, saudou o encontro como um passo positivo. “Pelo diálogo é possível encontrar maneiras para a normalização, coordenação mais próxima para lidar com problemas internacionais”, disse Peskov a repórteres.

As relações entre Washington e Moscou pioraram desde que a Rússia anexou a península da Crimeia em março do ano passado e apoio rebeldes pró-Rússia na Ucrânia. Moscou acusa Washington de orquestrar a queda do presidente da Ucrânia no ano passado, que era apoiado pela Rússia.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below