May 14, 2015 / 10:19 AM / 3 years ago

Aeronaves e drone mantêm busca por helicóptero desaparecido dos EUA no Nepal; sobe número de mortos

CHARIKOT, Nepal (Reuters) - Helicópteros militares sobrevoaram o leste do Nepal e uma equipe civil enviou um drone, nesta quinta-feira, para buscar um helicóptero desaparecido da Marinha dos EUA, enquanto o número de mortos do segundo grande terremoto a atingir o país do Himalaia em menos três semanas chegou a quase 100.

Um correspondente da Reuters voou em um helicóptero militar nepalês ao longo do rio Tamakoshi, que percorre a cidade de Charikot, no distrito montanhoso de Dolakha, o mais atingido pelo tremor de magnitude 7,3 de terça-feira que matou quase 100 pessoas.

O rio passa em meio ao terreno acidentado do Himalaia, em uma área onde a montanha mais alta supera os 7.000 metros de altitude. As encostas são cobertas por florestas densas, que dificultam a procura pelo helicóptero desaparecido, que sumiu após a tripulação avisar por rádio que a aeronave estava com problema de combustível.

No vilarejo de Koshikhet, uma equipe civil norte-americana estava usando um drone (aeronave não tripulada) para buscar o helicóptero Marine Corps UH-1Y, conhecido como Huey, que levava seus fuzileiros navais norte-americanos e dois soldados nepaleses.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below