May 23, 2015 / 4:55 PM / 3 years ago

Ataques aéreos árabes atingem bases militares no Iêmen

CAIRO (Reuters) - Ataques aéreos liderados pela Arábia Saudita atingiram três bases militares na capital do Iêmen, Sanaa, neste sábado, e o governo iemenita no exílio expressou reservas sobre negociações lideradas pela ONU para tentar encerrar a guerra que já dura oito semanas.

Moradores disseram que ataques aéreos atingiram um armazém de munições em uma das bases, provocando uma grande explosão que fez foguetes voarem pelo ar, caindo em áreas civis.

Não havia notícias imediatas de mortes.

Uma aliança árabe vem bombardeando o grupo dominante do Iêmen, a milícia houthi, que tem o apoio do Irã, e tem dado apoio a soldados de oposição ao grupo nos campos de batalha do sul do país.

O governo do Iêmen no exílio na Arábia Saudita, liderado pelo presidente Abd-Rabbu Mansour Hadi, se disse relutante em participar das negociações de paz lideradas pela ONU, marcadas para dia 28 de maio em Genebra.

Um porta-voz disse neste sábado que os houthis e seu poderoso aliado, o ex-presidente Ali Abdullah Saleh, deveriam primeiro comprometer-se com a resolução do Conselho de Segurança da ONU que exige a retirada do militantes de todas as principais cidades do Iêmen.

Por Mohammed Ghobari

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below