June 8, 2015 / 11:02 AM / in 3 years

Merkel encoraja líderes do G7 a aceitaram metas duras sobre mudanças climáticas

Por Paul Carrel

Chanceler da Alemanha, Angela Merkel, durante cúpula do G7 em Kruen. 08/06/2015 REUTERS/Michaela Rehle

KRUEN, Alemanha (Reuters) - A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, pediu aos líderes do G7 para se comprometerem com objetivos mais duros para cortar os gases causadores do efeito-estufa no último dia da cúpula do Grupo dos Sete nos Alpes da Baviera, nesta segunda-feira.

Merkel, apelidada de “chanceler do clima”, espera revitalizar suas credenciais verdes ao conseguir que as nações industriais do G7 aceitem metas específicas de emissão, antes de um encontro da ONU sobre o clima em Paris.

A mudança climática está no topo da agenda da cúpula nesta segunda-feira, na qual líderes também vão discutir o combate a epidemias e outros problemas de saúde, a luta contra o terrorismo do Boko Haram ao Estado Islâmico, e o desenvolvimento africano.

Em um impulso para a tentativa de Merkel de combater o aquecimento global, o Japão informou no domingo que vai apoiar que os países do G7 apresentem suas próprias metas para a redução da emissão de dióxido de carbono.

O presidente francês, François Hollande, cujo país receberá a cúpula da ONU sobre o combate às mudanças climáticas no final do ano, também buscou um comprometimento ambicioso do G7 para o fim da dependência de combustíveis fósseis.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below