June 8, 2015 / 2:54 PM / 3 years ago

Obama diz que tropas russas ainda operam na Ucrânia e sanções à Rússia podem aumentar

KRUEN, Alemanha (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta segunda-feira que forças russas continuam a operar no leste da Ucrânia, apesar das negações de Moscou, e o G7 está pronto para impor sanções significativamente mais rígidas se for necessário.

Presidente dos EUA, Barack Obama, em entrevista coletiva no encerramento da cúpula do G7 na Alemanha. 08/06/2015 REUTERS/Kevin Lamarque

Obama disse durante entrevista coletiva após cúpula do Grupo dos Sete na Alemanha que as sanções existentes vão continuar até Moscou e os rebeldes pró-Rússia no leste ucraniano respeitarem totalmente um acordo de cessar-fogo negociado em Minsk, capital de Belarus, em fevereiro.

“Como vimos novamente nos últimos dias, forças russas continuam operando no leste ucraniano, violando a soberania da Ucrânia e integridade territorial”, disse Obama.

“A Rússia está em profunda recessão. Então as ações da Rússia na Ucrânia estão machucando a Rússia e machucando o povo russo”, disse. “E o G7 está deixando claro que caso seja necessário, estamos prontos para impor sanções adicionais significativas contra a Rússia”, acrescentou.

Por Paul Taylor

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below