June 8, 2015 / 3:49 PM / 3 years ago

Plano de investimentos em infraestrutua terá execução imediata, diz ministro

BRASÍLIA (Reuters) - O plano de investimentos em infraestrutura a que o governo vai lançar na terça-feira deverá “sair do papel” no curto prazo, afirmou nesta segunda-feira o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Edinho Silva.

De acordo com o ministro, será o “maior plano de investimento na área de logística da história do país”, editado pelo governo federal na tentativa de retomar o crescimento da economia de forma sustentável.

“Os projetos saem do papel”, disse Edinho após reunião de coordenação com a presidente Dilma Rousseff, o vice-presidente Michel Temer, líderes do governo da Câmara e do Senado e outros ministros do núcleo político.

“Evidentemente que você tem todo um trâmite legal, tem as licitações... mas o plano é para ser executado a partir de agora,” afirmou, ao ser questionado se as ações só seriam executadas no próximo ano.

Edinho explicou que os modelos de concessão previstos no plano devem respeitar “as especificidades de cada setor”. Para o ministro, o conjunto de investimentos terá “muito impacto na economia brasileira”, sem, no entanto, quantificar os efeitos do plano pode exercer no PIB.

AJUSTE

Segundo o ministro, a reunião de coordenação também tratou de medidas do ajuste fiscal que ainda aguardam votação no Congresso – caso de projeto que reverte parte das desonerações concedida a mais de 50 setores econômicos e ainda uma medida provisória que eleva a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) de instituições financeiras.

O projeto que revê desonerações pode ter a votação iniciada ainda nesta semana na Câmara dos Deputados, enquanto a MP ainda depende de instalação de uma comissão mista que irá analisar previamente a medida antes de enviá-la para os plenários das duas Casas do Legislativo.

O governo pretende insistir no diálogo para conseguir aprovar essas propostas e dar impulso a sua agenda positiva, já iniciada na semana passada com o lançamento do Plano Safra 2015/2016.

Devem reforçar essa agenda o plano de investimentos em infraestrutura, a ser lançado na manhã da terça-feira no Palácio do Planalto, e ainda um plano para estimular as exportações, sem data para anúncio.

Edinho afirmou que no início do segundo semestre devem ser lançados ainda planos de investimento com foco no setor de energia, no de banda larga, e ainda a terceira fase do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida.

Por Maria Carolina Marcello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below