June 13, 2015 / 8:30 PM / in 3 years

Acusada de ter ajudado em fuga de prisão é removida para outra carceragem

(Reuters) - Uma funcionária da prisão estadual de Nova York acusada de ter ajudado dois assassinos a realizar uma elaborada fuga na última semana foi transferida neste sábado de uma cela na carceragem onde trabalhava para uma prisão distante cerca de 260 quilômetros, disseram autoridades.

Joyce Mitchell foi transferida do Departamento Correcional Clinton, em Dannemora, onde trabalhou como supervisora em treinamento industrial, para a prisão do condado de Rensselaer, ao sul, perto de Albany.

Promotores alegam que Joyce facilitou a fuga ao fornecer ferramentas como formões e serrotes. Ela foi indiciada na sexta-feira por duas acusações de contrabando na prisão e facilitação criminal. Ela já entrou com uma apelação alegando ser inocente. Se condenada, pode passar até 8 anos presa.

A remoção foi realizada para reduzir a tensão sobre seu possível envolvimento na fuga de Richard Matt, de 48 anos, e David Sweat, de 34, disse o escritório do xerife do condado de Clinton.

A caçada humana aos dois fugitivos entrou no seu oitavo dia neste sábado.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below