June 25, 2015 / 11:05 AM / in 3 years

Polícia revista avião da Ryanair na Polônia após trote sobre bomba

Passageiros deixam avião da Ryanair no aeroporoto de Modlin, na Polônia. 26/06/2014 REUTERS/Franciszek Mazur/Agência Gazeta

VARSÓVIA (Reuters) - A polícia polonesa procurou por um item explosivo em um jato da Ryanair nesta quinta-feira, mas não encontrou nada, após denúncia feita por um trote telefônico, de acordo com a polícia e a companhia aérea.

Um porta-voz da polícia de Varsóvia disse que um homem de 48 anos foi detido após o trote, que foi rastreado até sua casa. “Esta foi uma brincadeira irresponsável”, disse Mariusz Mrozek à emissora polonesa TVN24.

A companhia aérea informou que a aeronave estava na pista do aeroporto Modlin, em Varsóvia, esperando para embarcar em um voo para Oslo, quando a ligação foi recebida. O aeroporto foi temporariamente fechado para voos que chegavam e saiam como medida preventiva.

Oficiais do esquadrão antibombas da polícia foram chamados para conduzir verificações na aeronave, e não foram encontrados explosivos a bordo, disse Edyta Adamus, porta-voz da polícia de Varsóvia.

“A Ryanair se desculpa sinceramente aos passageiros do voo para Oslo por qualquer inconveniente causado por este trote”, informou a companhia em nota.

Reportagem de Agnieszka Barteczko e Pawel Florkiewicz em Varsória, e Conor Humphries em Dublin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below