26 de Junho de 2015 / às 12:10 / em 3 anos

Suspeito de ataque na França era observado por possível radicalização, diz ministro

SAINT-QUENTIN-FALLAVIER, França (Reuters) - O homem preso suspeito de realizar um ataque islâmico na França não possui registros criminais, mas esteva sob observação como possível radicalizado, disse o ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve, nesta sexta-feira.

Militar francês do lado de fora de empresa de gás em Saint-Quentin-Fallavier. 26/06/2015 REUTERS/Emmanuel Foudrot TPX IMAGES OF THE DAY

“Esta pessoa era tema de um arquivo ”S“ (”segurança“) por radicalização em 2006, que não foi renovado em 2008. Ele não possui registros criminais”, disse Cazeneuve a jornalistas no local do ataque.

O ministro acrescentou que a polícia deteve outros possíveis cúmplices.

Por Leigh Thomas

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below